A surpresa em ver Suárez no mercado

Opinião

Fabiano Conte

Fabiano Conte

Jornalista e Radialista

A surpresa em ver Suárez no mercado

Por

Gustavo Adolfo 03

Tanto quanto os três gols que marcou em sua estreia pelo Grêmio, a ida de Luis Suárez a um supermercado de Eldorado do Sul gerou grande repercussão nas redes sociais e fotos e vídeos em sites e jornais pelo mundo afora. Eu fiquei, confesso, mais impressionado pela forma como foi fazer as compras. Sozinho, sem equipe de segurança.

E esbanjando simpatia por onde passava. Pelo que se soube, não negou foto alguma. Suárez, mesmo sendo uma estrela do futebol mundial, nos demonstra que é gente como a gente. E faz o que todo cidadão deveria fazer quando se muda de uma rua, de um bairro, de uma cidade, de um país, ou de uma escola e de uma empresa.

Conectar-se com a comunidade. Se você pode se conectar com outros, tudo funciona melhor. Seus relacionamentos se tornam fortes, sua percepção de comunidade melhora. Você será melhor recebido. Assim está fazendo o novo xodó dos gremistas.

A única diferença da grande maioria das pessoas é de que com o alto salário (fez para merecer tudo isso), ele pode em uma única saída de casa comprar uma BMW e ao mesmo tempo passar para pegar produtos de limpeza, papel higiênico e comida no super. Afinal, Suárez e sua família necessitam de coisas básicas como todos nós precisamos.


Retomada das festas

Sem realização nos últimos dois anos em razão da pandemia, a Comunidade Católica de Rui Barbosa, Canudos do Vale, realizará no dia 12 de fevereiro a 41ª Festa da Gruta. É uma das maiores festas religiosas do Vale do Taquari. Aos poucos, as festas comunitárias estão sendo retomadas. Foram anos complicados paras localidades do interior que dependem desses eventos para arrecadar fundos e manter suas estruturas.


Biscoito ou bolacha?

Colega de redação Felipe Neitzke é o responsável pela reportagem especial sobre o município de Westfália se tornar referência em produção de biscoito. Ao Neitzke fiz a pergunta: mas é biscoito ou bolacha? Já falei bolacha na frente de amigos paulistas e cariocas e fui motivo de chacota.

Independentemente de sua etimologia, o alimento representa um grande movimento para a economia nacional. Pode ser a bolacha feita pela vovó ou biscoito produzido em grande escala.


Por dentro:

– A falta de confiança do governo Lula nos militares fica evidente com a tomada da Praça dos Três Poderes por policiais da Força Nacional de Segurança. Nem sinal do Exército.

– Diante de nomes curiosos e engraçados de times do futebol amador pela região, colega repórter Henrique Pedersini lembrou de dois que disputavam campeonatos de futsal em Doutor Ricardo, o “Real Matismo” e o “Bar Sem Lona”, uma alusão aos grandes do espanhol, Real Madri e Barcelona.

– Google anunciou demissão de 12 mil funcionários; a Microsoft divulgou seu plano de demitir 10 mil trabalhadores nos próximos meses; a Amazon cortará mais de 18 mil empregos de sua força de trabalho; o Twitter afastará 7,5 mil funcionários; a Meta, empresa que é dona do Facebook, do Instagram e do WhatsApp, demitiu 13% de seus funcionários — cerca de 11 mil cortes. Todas gigantes da tecnologia.

– A embaixada do Brasil em Londres, posto A, um dos mais ambicionados, deverá ter a indicação de Ricardo Lewandowski, que se aposentará em maio do STF.

– O ótimo resultado da queda no desemprego no Brasil (no trimestre que acabou em novembro, ainda sob o governo Jair Bolsonaro) representa quase um milhão de brasileiros que conseguiram emprego.

– O coordenador do curso presencial de graduação em Administração da Universidade do Vale do Taquari (Univates), professor Gabriel Braido, é um dos integrantes da diretoria da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (Angrad) na gestão 2023-2025. A cerimônia de posse ocorreu na segunda-feira, 16, no campus do Centro Universitário FEI, em São Bernardo do Campo, São Paulo.

– Saio de férias por um período. Volto com a Coluna em fevereiro.

Acompanhe
nossas
redes sociais