Taquari decreta situação de emergência

ESTIAGEM

Taquari decreta situação de emergência

Prejuízo é estimado em mais de R$ 13 milhões

Por

Taquari decreta situação de emergência
Arroio no Passo do Santa Cruz (Foto: Divulgação)
Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Taquari decretou situação de emergência na manhã de terça-feira, 10. Conforme levantamento da Emater-RS/ASCAR e da Secretaria de Agricultura e de Obras e Serviços Urbanos, o prejuízo está estimado, até o momento, em mais de R$ 13 milhões.

Com o prognóstico de continuidade da estiagem, o valor poderá elevar nos próximos meses. Na bovinocultura, a perda poderá ser de 20% das cabeças de gado; nas culturas do milho poderá chegar a 60% da área plantada e no arroz, de 30%.

O levantamento do governo municipal aponta cerca de 30 famílias sem água para o consumo humano, a maioria delas na localidade de Fazenda Pereira, e outras na Pinheiros.

As secretarias da Agricultura e de Obras e Serviços Urbanos estão atendendo as famílias atingidas, fazendo o abastecimento de água potável com trator e tanque-pipa, já que alguns poços artesianos e fontes secas.
Desperdício de água

Os governos municipais pedem que a população use a água de forma racional. Além disso, sugerem:

– Não lavar calçadas e carros;
– Fechar a torneira ao escovar os dentes;
– Banho rápido;
– Proteger as vertentes e captar água da chuva sempre que possível para regar flores, folhagens e gramados;
– Limitar o uso da máquina de lavar e reaproveitar a água;
– Implementar a descarga com válvula de duplo acionamento;
– Verificar e corrigir quaisquer vazamentos de água.

Acompanhe
nossas
redes sociais