Governo de Estrela confirma investimento de R$ 8 milhões em ponte

NO BAIRRO BOA UNIÃO

Governo de Estrela confirma investimento de R$ 8 milhões em ponte

Estrutura de ferro foi construída faz quase 70 anos e será substituída por passagem de concreto. Após fase de estudos para elaboração de projeto, licitação será aberta no fim de janeiro. Sobrecarga no uso da passagem nas últimas semanas exigiu medidas restritivas no local

Por

Governo de Estrela confirma investimento de R$ 8 milhões em ponte
Departamento de Trânsito fez intervenções para aumentar a restrição nas últimas semanas de utilização da ponte sobre o Arroio Boa Vista. Crédito: Jhon Willian Tedeschi
Estrela
Gustavo Adolfo 03

Um dos acessos secundários e considerado ponto histórico será remodelado A ligação entre o bairro Boa União e a Linha São José, pela antiga ponte de ferro será substituída.

O prefeito Elmar Schneider confirma que a construção da nova passagem terá o valor de R$ 8 milhões e anuncia a abertura da licitação até o fim de janeiro. “Vamos retirar essa ponte de ferro, que não tem mais estrutura nem condições para passagem de caminhões e camionetes. No mundo de hoje não dá”, afirma o gestor.

Ele acrescenta que a reconstrução da passagem é estratégica, pois, além de ligar as localidades dentro de Estrela, também serve como acesso aos municípios de Colinas e Imigrante. Schneider cita a integração com o trevo construído na BR-386 como fator que facilitará o trânsito na região.
A nova ponte, de acordo com o planejamento do município, deverá ter ciclovia e passagem para pedestres. Serão duas faixas com largura de 3,5 metros, uma barreira rígida para proteção dos veículos, área para ciclistas com largura de 3 metros e uma calçada de passeio com 1,2 metro.

Projetos em andamento

A primeira etapa do processo de melhoria foi finalizado em novembro, após os estudos da área feitos por uma empresa contratada pelo governo. Foram procedimentos como sondagem do solo, análises ambiental e hidrológica, entre outros. A partir do relatório, a equipe desenvolveu o projeto técnico que servirá como base para a licitação.

No fim de novembro, foi contratada uma consultoria para preparar a remoção da ponte. A proposta inclui inspeção na ponte, desenvolvimento de sinalização para interditar a passagem de veículos, cronograma, entre outras medidas. Existe a possibilidade de reutilização da estrutura atual, mas esta questão deverá ser discutida após a retirada.

O engenheiro responsável, Douglas Velho, explica que o projeto considera critérios específicos para resguardar a área. “É necessário remover a ponte da forma correta para que não seja gerado um passivo ambiental e para garantir a segurança das pessoas envolvidas no processo, já que a ponte precisa se manter estável durante a desmontagem.”

Restrições no uso da ponte

Os últimos dias foram de sobrecarga na utilização da ponte, principalmente ao longo do período de Natal e Ano Novo. Para minimizar a situação, o Departamento de Trânsito fez duas intervenções no local. A primeira delas, foi a instalação de uma lombada portátil para reduzir a velocidade de quem atravessava pela ponte.

Também foram colocados dois blocos de concreto, com o objetivo de estreitar a pista e evitar o tráfego de caminhões. “Foi uma questão preventiva, pela restrição da ponte só comportar a passagem de um veículo por vez”, explica o coordenador do setor, Frederico Diehl.

Acompanhe
nossas
redes sociais