Posse e medidas de Lula não são fakes

Opinião

Fabiano Conte

Fabiano Conte

Jornalista e Radialista

Posse e medidas de Lula não são fakes

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Desde domingo, nas redes, usuários espalham imagens da posse do presidente Lula e fazem alegações sobre o número de presentes. Segundo os boatos, o evento teria sido menor do que o mostrado em registros da imprensa. Não confere. O número de participantes na posse foi expressivo e representativo. Outra alegação é de que a faixa passada a Lula seria falsa porque é diferente da que recebeu Bolsonaro em 2019.

O que poucos sabem é que, na verdade, há mais de uma faixa presidencial — e todas são legítimas. Também existiram comentários de que Lula teria assinado um livro que não seria oficial porque não tinha a fita verde e amarela usada em posses anteriores. Essa informação também é falsa. Lula tomou posse, é oficial e será realidade para os próximos quatro anos. E todas suas medidas – boas ou ruins – têm legitimidade a partir de agora, gostando ou não.

Crédito: Reprodução


Confusão de cara

A informação que vem de Brasília dá conta de que teve a influência de Gleisi Hoffmann, presidente do PT, o recuo da medida de acabar com desoneração dos combustíveis. Ela mostrou a Lula o estrago político que causaria no início de mandato. Apesar que o prejuízo ocorreu igual e que paga a conta é o consumidor.


Faz sentido

Faz sentido a reclamação de leitores sobre a falta de banheiros nos espaços públicos de Lajeado. “Inauguraram o belo parque da orla, com um belo espaço e brinquedos novos, mas sem banheiros para o público”, reclamou um internauta nas redes sociais do A Hora. Banheiros descentes e acesso a bebedouros (água para tomar) são fundamentais para atrair o público a estes espaços. E uma fiscalização para evitar depredação.


Devem ficar

Rafaela Fagundes, na Saúde; Cássia Benini, da Educação; Alvimar Lisot, na Agricultura; são os cargos dos coordenadores regionais com atuação no Vale do Taquari. Não há, a princípio, movimento para a substituição de nenhum deles. Dos secretários estaduais, apenas mudou o da Agricultura.


Para sempre

O luto por Pelé foi do tamanho de sua história. Não tenho muito o que escrever sobre ele. Gênio é o resumo bem resumido do que foi Pelé na arte de levar a bola ao seu fim, o gol. E fim de papo.


Non gratas

Persona non grata é uma expressão em latim utilizada para indicar alguém que não é bem-vindo. O futuro senador gaúcho Hamilton Mourão – que assume em fevereiro – ex-vice-presidente, passou a ser chamado de “traíra” por admiradores de Bolsonaro. Mourão, em declaração à Nação, deixou a entender que o ex-presidente “abandonou” seus seguidores e o país para viajar aos EUA na virada do ano. Perdeu apoio dos mais fervorosos de seus eleitores. Vai se redimir se for ferrenho adversário de Lula.


Olha o golpe

Quase todo mundo conhece alguém que já foi vítima do golpe do aluguel na praia. O suposto locador manda a fotografia um determinado imóvel e cobra um “pequeno” sinal para a reserva. Depois, toma doril. E estraga o veraneio dos inocentes. Tome cuidado.

Acompanhe
nossas
redes sociais