Inter abre a temporada de 2023 com indefinições

RETORNO AOS TRABALHOS

Inter abre a temporada de 2023 com indefinições

Direção segue à procura de reforços pontuais para suprir as carências do elenco e pretende avançar nas conversas com o Shakhtar por Vitão e definir os futuros de Taison, David e Daniel

Por

Inter abre a temporada de 2023 com indefinições
Inter se apresentou ontem para dar seguimento à pré-temporada. Crédito: Ricardo Duarte/Divulgação
Porto Alegre
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O Internacional se reapresentou na tarde de ontem para dar seguimento ao trabalho de preparação para a temporada 2023. A direção segue à procura de reforços pontuais para suprir as carências do elenco e pretende avançar nas conversas com o Shakhtar por Vitão e definir os futuros de Taison, David e Daniel.

O objetivo de manter a maior parte do grupo vice-campeão brasileiro foi cumprido. Com exceção de Edenilson, negociado com o Galo, os principais jogadores permaneceram. Wanderson foi comprado, Mário Fernandes contratado, Roberto, Gustavo Maia, Liziero, Weverton e Braian Romero saíram.

Para a segunda parte da pré-temporada, a comissão técnica conta com 29 atletas na reapresentação. O departamento de futebol colorado trabalha para entregar novos reforços a Mano. As prioridades são um volante de marcação, um centroavante e outro meio-campista para suprir a saída do camisa 8.

O Inter fez sondagens, enviou propostas, mas não conseguiu fechar novos negócios. Lucas Romero esteve próximo, mas o Independiente-ARG o negociou com o León-MEX. A busca por um camisa 9 esbarrou nas dificuldades de mercado por ser uma “posição das mais difíceis de ser buscada”, de acordo com o presidente Alessandro Barcellos.

Na mesma linha das contratações, o Inter tem a missão de acertar a compra de Vitão, que tem contrato até junho de 2023. A direção considera a negociação complexa e adota cautela em relação ao tema.

Possíveis saídas

Enquanto busca reforços, o Inter também se prepara para novas saídas. O futuro de Taison segue indefinido. David encaminhou acerto com o São Paulo, mas os clubes não chegaram a um acordo e a transferência é dada como descartada. Daniel, por sua vez, manifestou desejo de buscar outro clube. O estafe do goleiro recebeu sondagens de clubes do exterior e aguarda por propostas. Mano terá 20 dias para preparar a equipe até a estreia no Gauchão, diante do Juventude, no Beira-Rio.

Acompanhe
nossas
redes sociais