Aluno conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática

TEUTÔNIA

Aluno conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática

Avaliação considera desempenho na rede pública em 2022. Menção honrosa foi concedida ao estudante Guilherme Stertz, da escola Professor Teobaldo Closs

Por

Atualizado segunda-feira,
02 de Janeiro de 2023 às 23:05

Aluno conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática
Premiação é inédita na rede municipal de Teutônia. Crédito: AI/Divulgação
Teutônia
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Nesta semana foi divulgado o resultado do Programa de Iniciação Científica da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Pela primeira vez, em 17 edições, um aluno teutoniense da rede pública conquista a medalha de ouro, entre os inscritos no nível 1, que se refere aos estudantes do 6º e 7º ano do ensino fundamental. Guilherme Bruxel Stertz, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Teobaldo

Closs, foi o único estudante da rede pública do Vale do Taquari a conquistar o ouro na Olimpíada que ocorre a nível nacional. Além do destaque na OBMEP, o aluno também ficou entre os 12 melhores da região na Olimpíada de Matemática promovida pela Univates, no campus de Lajeado. Outros dez estudantes da rede pública e dois da rede privada de ensino de Teutônia receberam Certificado de Menção Honrosa.

A OBMEP tem o objetivo de estimular o estudo da Matemática por meio da resolução de problemas que despertem o interesse e a curiosidade de professores e estudantes. O Programa de Iniciação Científica (PIC) oferece aos medalhistas da OBMEP o acesso a aulas de matemática avançada, a fim de ampliar o conhecimento científico, preparando o aluno para vida profissional e acadêmica, pelo período de um ano, com aulas orientadas ou ministradas por professores universitários. Para participar do PIC o estudante receberá material didático e auxílio financeiro (bolsa mensal-CNPq de R$ 100).

A família também revelou estar muito orgulhosa e feliz com a conquista do filho. Lígia Bruxel Stertz, professora e mãe do medalhista, destacou o interesse do menino do 6º ano pelos estudos. “Ele sempre foi muito curioso e desde muito cedo se interessou pela matemática. Ele gosta muito de jogos que estimulam o pensamento lógico e a olimpíada foi encarada como um desafio para ele. Mesmo sem cobrança, ele se preparou, buscou provas anteriores para ter uma noção de como seria a prova, foi muito determinado”.

Ligia também elogiou a organização e didática do professor de matemática do filho. “O professor Daniel também é uma inspiração para o Guilherme, pela forma com que ensina e se dedica às aulas”, ressaltou. O pai do estudante, Elton Stertz, destacou o orgulho que sente com a conquista do filho. “Sabemos o quanto isso significa para ele, mas também sempre explicamos que o principal objetivo é participar e estimular o gosto e o interesse pelos estudos, a conquista é apenas uma consequência de todo o esforço e dedicação dele”, ressalta.

Para Guilherme a medalha significa o surgimento de novas oportunidades. “Quando decidi realizar a prova me preparei para ir bem, mas não imaginava que ganharia ouro logo na primeira vez que participei. Isso para mim é muito importante porque agora pretendo participar do programa de iniciação científica, e sei que as universidades avaliam a classificação na OBMEP, sendo que isso pode me abrir muitas portas no futuro. É por isso que quero continuar me dedicando e vou seguir participando”. O medalhista já planeja se preparar para a próxima edição, com expectativa de alcançar uma boa classificação novamente.

O diretor da EMEF Teobaldo Closs, Arnildo Grützmann, enalteceu a dedicação e esforço do estudante, assim como, o trabalho dos professores neste processo de formação. “Temos muito orgulho desta conquista do Guilherme. Ele tem um grande potencial, estuda e se esforça, é um aluno muito responsável e dedicado. Estamos muito felizes por ele, por nossa escola e nossos profissionais. O processo de ensino aprendizagem é algo que se constrói em conjunto, entre aluno, família e professores. Com cada um fazendo a sua parte, o resultado sempre será positivo”. O diretor também destacou que esta é a primeira vez na história de Teutônia que um estudante teutoniense da rede pública conquista medalha de ouro.


Confira quem foram os estudantes que receberam certificado de menção honrosa:

Acompanhe
nossas
redes sociais