Propósitos para o futuro

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Propósitos para o futuro

Por

Atualizado sexta-feira,
09 de Dezembro de 2022 às 11:37

Gustavo Adolfo 03

O governo de Estrela anunciou a criação do Conselho do Futuro, de olho no desenvolvimento sustentável para os próximos 20 anos. O grupo será formado por agentes públicos e privados, que atuam em diversos setores sociais e econômicos.

E o grande desafio é retomar a pleno todo o protagonismo que a cidade perdeu em décadas passadas. Elmar Schneider, o prefeito que lançou a “pedra fundamental” deste instigante projeto, sonha alto. A marca da ação, lançada ontem para quase duas centenas de empresários ligados (ou não) à Cacis, é audaciosa: A melhor cidade para se viver no Brasil.

Schneider sabe e está no caminho. Ele percebeu, ainda durante a campanha, que o estrelense precisava de uma nova injeção de ânimo e uma boa dose de energia e otimismo. O experiente político incorporou o propósito com devoção e, desde então, nunca deixou de usar o marca “Nossa Estrela” para se referir à cidade natal. A proposta ganhou corpo e conquistou boa parcela dos opositores. Eleitores e políticos. E boa parte do empresariado, responsável por movimentar a economia local e fomentar a geração de renda e emprego à comunidade, também entendeu a mensagem. E isso já é meio caminho andado!


Qualificação do Legislativo

A Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (Avat) faz um bom trabalho em prol da qualificação dos vereadores. No sábado, por exemplo, a entidade proporciona mais um curso aos legisladores. E com um diferencial. Não exige uma longa viagem à Brasília, onde os parlamentares enfrentam os riscos do voo e da capital federal (é ironia), e ainda exigem uma boa quantia em recursos para hospedagens, transporte terrestre, alimentação e afins. O evento ocorre na prefeitura de Doutor Ricardo. E o tema é “Comunicação política e relacionamento com a mídia”. A palestra será ministrada pelo jornalista Egui Baldasso.


Sem 13º salário

Uma das concorrentes (ainda extraoficial) ao cargo de presidente da câmara de Lajeado, a vereadora Paula Thomas (PSDB) assina um “requerimento ordinário” para abrir mão do 13º salário. “Peço que este valor não me seja pago, ficando o referido montante no erário municipal”.

Parabéns. É com pequenos gestos como esse que o Poder Legislativo (municipal, estadual ou federal) vai recuperar o seu devido valor, prestígio e protagonismo junto à sociedade. Ah, e ficamos no aguardo dos outros 14 vereadores lajeadenses, é claro. Afinal, e se todos abrirem mão do valor, os contribuintes economizam quase R$ 130 mil no fim do ano.


TIRO CURTO

• De acordo com as notícias do centro do país, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve anunciar hoje os primeiros ministros. A coletiva é às 10h30min, um pouco antes do decisivo jogo da seleção brasileira pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar.

• O governo de Estrela, por meio da Secretaria de Agricultura, pode criar um projeto para fomentar o uso – por parte dos produtores locais – dos silos comprados pela Languiru junto ao complexo portuário. A ideia foi comentada pelo próprio presidente da cooperativa, Dirceu Bayer, durante a reunião-almoço da Cacis de ontem.

• Ainda sobre a reunião-almoço da Cacis, o prefeito de Estrela foi categórico ao afirmar que a consolidação do Aeroporto Regional é uma meta do seu governo. Elmar Schneider garante ter levado o próprio governador reeleito, Eduardo Leite (PSDB), para conhecer o espaço em Linha São José. Secretário estadual, Rafael Mallmann acompanhou a visita.

• Sobre o aeroporto (hoje aeródromo), Schneider defende uma tese sustentada por muitos empresários da região e de outras estâncias: o Vale do Taquari está distante do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. E faz sentido. Afinal, o tempo é diferente para cada pessoa.

• Para finalizar, Schneider polemizou ao citar as mais de duas dezenas de novos empreendimentos do setor imobiliário em andamento no município de Estrela. Em tom de ironia, ele provocou. “Ninguém está sentindo falta do Figueiró”. O prefeito se referia ao antigo registrador de imóveis, que não estava presente.

• Arita Bergmann, a Secretária Estadual de Saúde do RS, visitou outra vez o Vale do Taquari. Ontem ela esteve em Lajeado para confirmar os investimentos no Ambulatório da Fundef. Por onde ela passa, costuma deixar uma boa impressão. Junto ao governo estadual, ela deve seguir com muito prestígio a partir de 1º de janeiro de 2023.

• Aliás, o governo estadual vai exonerar 100% dos Cargos Comissionados. Hoje ainda existem CCs do tempo de Tarso Genro (PT) no Palácio Piratini. A expectativa em Porto Alegre é de uma grande renovação no quadro. E isso gera instabilidade, é claro. E também vira um terreno fértil para o chamado “fogo amigo” nestes últimos dias de dezembro.

• Envolvido em uma polêmica sobre suposto nepotismo ou ato de improbidade administrativa, em função de viagens oficiais e aumento salarial que foram concedidos a uma servidora/namorada, o Secretário de Justiça do RS, o bom-retirense Mauro Hauschild, deve visitar a região nesta sexta-feira. Ele é aguardado para formatura do Curso de Construção em Alvenaria dos apenados do Presídio Estadual de Lajeado. O evento inicia às 10h.

• Presidente Nacional do PSOL, Juliano Medeiros recebe o título de Cidadão Taquariense. A solenidade ocorre hoje, às 19h, no plenário da câmara de vereadores de Taquari.

Acompanhe
nossas
redes sociais