Moradores mostram preocupação com acidentes no acesso a Marques de Souza

TRÂNSITO

Moradores mostram preocupação com acidentes no acesso a Marques de Souza

Duplicação da BR-386 modificou fluxo de trânsito no local. CCR ViaSul projeta conclusão dos trabalhos no início de 2023

Por

Moradores mostram preocupação com acidentes no acesso a Marques de Souza
No trecho da BR-386 acidentes de trânsito tem sido registrados com frequência (Crédito: Henrique Pedersini)
Marques de Souza
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Em obras para duplicação da BR-386, o trecho onde fica o acesso para Marques de Souza causa preocupação nas pessoas que residem e trabalham às margens da rodovia. Os motoristas que trafegam pela BR-386 precisam atravessar todas as pistas para seguir em direção ao perímetro urbano da cidade.

No local há registros de graves acidentes. Nessa semana um automóvel e um caminhão colidiram no trecho da rodovia. Recentemente um motociclista morreu no local. Em outra ocasião a vítima foi um pedestre.

Rodrigo Lahm trabalha em uma oficina em frente ao acesso. Segundo ele, são vários os episódios de indefinição por partes dos motoristas que transitam no local. “O pessoal se perde um pouco, não sabe se vai para um lado ou por outro”, comenta.

Cristiano Agostini mora nas proximidades da BR-386 há mais de 40 anos. Segundo ele apesar do local estar em obras, a imprudência é a principal causa dos acidentes que tem ocorrido no local. “Sempre tivemos acidentes, agora até diminuiu. Todos que ocorreram aqui foi por imprudência”, analisa.

A passarela construída no local está liberada para a travessia dos pedestres.

CCR ViaSul projeta concluir trabalhos no início de 2023
Por meio de nota, a CCR ViaSul sugeriu que os motoristas devem prestar atenção à sinalização no local. A concessionária responsável pela obra de duplicação da BR-386 projeta concluir os trabalhos neste trecho no início do próximo ano. Confira a nota na íntegra:

A CCR ViaSul reforça que as obras na região do acesso à Marques de Souza ainda estão em andamento. Dessa forma, orienta aos motoristas para que respeitem a sinalização nos locais, reduzindo a velocidade ao trafegar pelos pontos em obras.

A Concessionária destaca também que continua atuando nas obras de adequação das pontes já existentes (alargamento das estruturas) do primeiro trecho da duplicação, em Marques de Souza.

Ainda assim, o cronograma da CCR ViaSul prevê a continuidade dos trabalhos finais na região do km 325 para o começo do ano que vem, com a conclusão de elementos como a implantação das faixas de aceleração e desaceleração em ambas as pistas, com a devida sinalização (horizontal e vertical), implantação de barreira central divisora de pistas, bem como melhoria do retorno sob o Rio Tigrinho e da ponte da várzea Marques de Souza.

Acompanhe
nossas
redes sociais