Evento celebra segundo ano do programa de qualificação

SANTA CLARA DO SUL

Evento celebra segundo ano do programa de qualificação

Atividade com alunos ocorreu ontem à noite e permitiu apresentar ações para comitiva da Alemanha

Por

Evento celebra segundo ano do programa de qualificação
Prefeito Paulo Kohlrausch destacou importância do projeto voltado ao desenvolvimento pessoal e profissional. Crédito: Henrique Pedersini
Santa Clara do Sul

Mais de 560 alunos participaram durante o ano do programa “Educação Para Todos”. Para marcar o encerramento de mais um ciclo, a administração municipal promoveu evento de confraternização. A atividade ontem à noite ocorreu no Clube Centro de Reservistas.

O momento festivo também proporcionou integração com autoridades, líderes comunitários e parceiros do projeto. A iniciativa do governo tem apoio de seis instituições de ensino e abrange desde estudantes do Ensino Fundamental a empresários, pessoas desempregadas e aposentados.

A programação ainda revelou os cursos para o próximo ano. No primeiro semestre de 2023 serão oferecidas quatro atividades no eixo da escolarização, seis na profissionalização e mais quatro na educação comportamental. As inscrições serão viabilizadas por meio de plataforma digital do município.

De acordo com o prefeito Paulo Kohlrausch, em entrevista à Rádio A Hora 102.9, o “Educação Para Todos” é o principal programa do governo. “É uma iniciativa com ações inovadoras de incentivo ao desenvolvimento pessoal e profissional que teve participantes de 12 a 72 anos.”

Para viabilizar a qualificação da comunidade, o município fornece subsídio de 75% a 100%. São oportunidades em diferentes áreas e para público variado. No eixo da escolarização o estudante pode, por exemplo, ingressar em atividades pré-vestibular ou cursar no EJA.

Parceria internacional

O evento alusivo ao segundo ano do “Educação Para Todos” também permitiu à comitiva da Alemanha conhecer o programa. Acompanharam a solenidade o CEO da Universidade Steinbeis, Mario Vaupel, e a mestre em Business e Psicologia Organizacional, Claudia Hölter.

Eles se reuniram com representantes das instituições parceiras no projeto do governo de Santa Clara do Sul para conhecer as estruturas de ensino da região. A intenção é formar convênio de intercâmbio para alunos e professores.

Conforme o prefeito Paulo Kohlrausch, faz dois anos que iniciaram as tratativas, mas a pandemia comprometeu o avanço do projeto entre os dois países. A intenção é de que a universidade alemã possa contribuir na solução de gargalos locais, inclusive, por meio da abertura de empresas.

Acompanhe
nossas
redes sociais