Rigotto defende reforma tributária no 1º ano do governo Lula

ENTREVISTA

Rigotto defende reforma tributária no 1º ano do governo Lula

Ex-governador do RS integra equipe de transição. Em entrevista à Rádio A Hora, diz que votar as duas PEC já em tramitação no Congresso demostrará adoção de política de desenvolvimento

Por

Rigotto defende reforma tributária no 1º ano do governo Lula
Germano Rigotto (Foto: Antonio Augusto / Agência Câmara / Divulgação)

O ex-governador do Rio Grande do Sul Germano Rigotto (MDB) disse que defenderá a reforma tributária no 1º ano de governo Lula. “Se não votar no primeiro ano, de preferência nos primeiros seis meses, deixaremos passar de novo a oportunidade de fazermos a reforma tributária”, disse em entrevista ao programa A Hora Bom Dia, da Rádio A Hora 102.9.

O político integra equipe de transição federal do grupo temático de Indústria, Comércio, Serviços e Pequenas. Ele defende o uso de duas PEC já em tramitação no Congresso. Adotar tal medida será uma sinalização que pretende retomar uma política de desenvolvimento, pontua o ex-governador.

Rigotto desmentiu notícia que abordou a possibilidade de ele assumir ministério no novo governo. Reforçou que não pretende ocupar cargo e dará sua contribuição apenas durante a transição. “Eu não ganho nada com a transição, mas onde eu estiver eu vou defender esta reforma.”

Ouça a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais