CDL Lajeado projeta incremento de 15% nas vendas neste Natal

COMÉRCIO LOCAL

CDL Lajeado projeta incremento de 15% nas vendas neste Natal

Lajeado Brilha terá raspadinhas e sorteio de um sistema de energia solar. Campanha inicia em 1º de novembro

Por

Atualizado quinta-feira,
06 de Outubro de 2022 às 11:56

CDL Lajeado projeta incremento de 15% nas vendas neste Natal
Aquiles Mallmann, o Cascão, presidente da CDL Lajeado (Foto: Rodrigo Gallas)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Em entrevista ao programa O Vale em Pauta, da Rádio A Hora 102.9, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lajeado, Aquiles Mallmann, o Cascão, projeta incremento de 15% nas vendas deste Natal. A projeção é feita em relação a 2021. “Vamos fazer a magia da data contagiar toda nossa região a comprar na nossa cidade.”

Neste ano, a campanha Lajeado Brilha começa em 1° de novembro e terá premiação de até R$ 90 mil. Uma das novidades é a volta das raspadinhas, com a possibilidade de os clientes concorrerem a prêmios instantâneos na hora da compra. Os valores variam de R$ 50 a R$ 400.

LEIA MAIS: Lajeado Brilha 2022 terá R$ 90 mil em premiação

Para ter direito, será preciso fazer uma compra mínima de R$ 100 nas lojas participantes. Ao todo, serão R$ 50 mil em raspadinhas. De acordo com o Mallmann, o resgate da ideia visa tornar a campanha mais ágil, além de incentivar a participação da comunidade e maior engajamento. “Vamos dobrar a premiação em relação a 2021. Estamos acreditando muito no fim do ano. Juntos somos mais fortes”, afirmou.

Energia solar

Outra inovação para essa edição é o sorteio de um sistema completo de energia solar da Sollar Sul no valor de R$ 40 mil. O cliente deverá preencher o verso da raspadinha com todos os seus dados e depositar nas urnas. O sorteio está previsto para o dia 27 de dezembro, a partir das 16h, na sede da CDL.

Mallmann destacou o apelo ecológico das placas solares, além do sistema ser um objeto de desejo de muitas famílias em função da praticidade. “A economia mensal na conta de luz pode chegar a 95%. Também é preciso considerar o conforto e a tranquilidade proporcionadas”, conclui.

Ouça a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais