Há 20 anos, Ginásio em Cairu

Opinião

Raica Franz Weiss

Raica Franz Weiss

Há 20 anos, Ginásio em Cairu

Por

Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Há 20 anos, iniciava a construção do ginásio da Linha Cairu, em Travesseiro. De acordo com o Jornal O Informativo da época, eram 779m² de área, com um investimento de R$ 170 mil.

Local onde o ginásio seria construído, em 2002. Crédito: Arquivo Municipal de Lajeado/O Informativo

 

Sede do Sport Club Cairu hoje. Crédito: Gabriel Santos


Novo posto de saúde no Montanha

Vinte anos atrás, era aberta a licitação para as obras do chamado “postão de saúde”, no bairro Montanha, em Lajeado. O local teria mais de mil metros quadrados de área, com um investimento de quase R$ 400 mil.

A ideia era transformar o espaço em referência no município para a distribuição de medicamentos. Naquela época, a unidade de saúde do Centro tinha a maior demanda, com quase 4 mil atendimentos por mês.

O posto existe até hoje e foi inaugurado em julho de 2004. Crédito: Google Street View/2022


Enquanto isso…

Mundial de Basquete – Vinte anos atrás, era definida a sede do 15º Campeonato Mundial Adulto Feminino de Basquete, que seria realizado em 2006. A votação ocorria em Genebra e o Brasil foi eleito para sediar os jogos.


HÁ 50 ANOS 

Reconhecimento do Mellinho

Cinquenta anos atrás, o Jornal Nova Geração noticiava o reconhecimento de uma escola de Lajeado. Conforme a matéria, a Escola Particular João Batista de Mello, conhecida hoje como Mellinho, havia recebido a aprovação do Regimento Escolar da época para atuar como instituição privada de ensino.

O colégio tinha iniciado as atividades dez anos antes, em 1962, e funcionou até 1965 em um anexo da Escola Estadual Fernandes Vieira. Depois, o Mellinho foi para um prédio próprio, em um terreno doado pelo município de Lajeado. Há 50 anos, na época em que foi reconhecido como escola, o colégio oferecia curso primário aos alunos.

A foto é de 1964, na Semana Farroupilha, quando o Mellinho funcionava junto ao Fernandes Vieira. Crédito: Arquivo Colégio Cenecista João Batista de Mello


Enquanto isso…

As Sete Quedas – Há 50 anos, o Jornal Nova Geração trazia uma notícia sobre o Salto das Sete Quedas, as maiores cachoeiras do mundo, localizadas no Paraná. Conforme a matéria, o projeto de construção da Hidrelétrica de Itaipu poderia ser iniciado em 1972 ainda. Para as obras, as Sete Quedas precisaram ser submergidas, o que só ocorreu em 1982.

Acompanhe
nossas
redes sociais