Durante 25 anos, Posto Faleiro é ponto de referência logístico e cultural em Lajeado

Lajeado Empreendedora

Durante 25 anos, Posto Faleiro é ponto de referência logístico e cultural em Lajeado

O Posto Faleiro, fundado em 1997, trouxe inovação que mudou a lógica do mercado local, com atendimento 24h e loja de conveniência completa

Por

Atualizado segunda-feira,
10 de Outubro de 2022 às 09:36

Durante 25 anos, Posto Faleiro é ponto de referência logístico e cultural em Lajeado
Elton Faleiro é um dos irmãos fundadores do Posto Faleiro, que, literalmente, mudou o mercado em Lajeado (Foto: J. J. Silva)
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O desenvolvimento de uma cidade passa por sua infraestrutura. Para isso, é essencial o combustível que move esse processo. E quando se fala de combustível, é literalmente. Afinal, em paralelo com o amplo crescimento de Lajeado nos últimos 30 anos foram necessários serviços que acompanhassem as demandas de uma cidade cada vez mais cosmopolita. O Posto Faleiro, fundado em 1997, é um importante exemplo de como a ação empreendedora colaborou diretamente com a ascensão econômica de uma região.

Antes de inaugurar a operação no Centro de Lajeado, na esquina da Avenida Alberto Pasqualini e da Rua Júlio de Castilhos, os irmãos Flávio, Astor e Elton Faleiro, juntamente com seu pai, Manuel Renato Faleiro, investiram em um posto às margens da BR-386, no ano de 1993. Segundo Elton, essa iniciativa seguiu a jornada empreendedora da família. Naturais de Progresso, a família tocou um bar, um mercado e um atacado antes de investir no posto.

“Trabalhar nesse setor sempre foi o sonho do meu pai. Fomos evoluindo aos poucos e em 1997 adquirimos o terreno onde estamos hoje. Era um ponto que estava parado e transformamos, na prática, em um centro de encontros e serviços”, avalia Elton.

Mais do que um novo ponto para abastecimento, o Posto Faleiro traduziu em um serviço uma demanda represada. Afinal, na época Lajeado contava com poucas alternativas que funcionam em horários limitados. O grande diferencial apresentado pela família Faleiro foi o serviço de atendimento 24 horas. “Foi inovador e impactou bastante. Tivemos um resultado muito interessante para um investimento que, na época, foi muito ousado”, avalia. 

Além disso, outro aspecto inovador apresentado pelo Posto Faleiro na época foi o espaço de conveniência, que oferecia uma grande e qualificada variedade de produtos e serviços. Esse conjunto fez com que o posto se tornasse, literalmente, um ponto de referência logística e cultural de Lajeado. “As pessoas se encontravam aqui antes de ir para festas, na volta. Muitos namoros que se transformaram em casamento começaram por aqui. Fomos, durante muito tempo, um ponto marcante para a noite do Vale”, lembra Elton com um sorriso no rosto.

Hoje, o Posto Faleiro é uma referência dentro da rede de operações que atua sob a bandeira Shell. Contudo, a empresa segue de olho no futuro e aberta às inovações sustentáveis que inevitavelmente chegarão ao mercado. “A cidade evoluiu e se transformou. Vamos nos adaptar sempre que for preciso”, concluiu.

Assista ao vídeo exclusivo:

Ouça o quadro na programação da Rádio A Hora 102.9:

Acompanhe
nossas
redes sociais