Pé na estrada!

Opinião

Carlos Martini

Carlos Martini

Colunista

Pé na estrada!

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Semana que vem ocorre o 1º Congresso Técnico de Logística dos Vales, promovido pelo Setcergs e pela E-Log. Dentre outros assuntos relevantes a serem tratados nesse importante encontro desse setor estratégico também aqui na região, imagino que a possibilidade de implantar um centro do Senat nas imediações e até um porto seco alfandegado também estejam na ordem do dia.

Cada cidade tem pelo menos uma razão basilar pra ser originalmente criada e continuar existindo e crescendo (ou regredindo…). Como regra geral, praticamente todos os aglomerados urbanos ¨valedotaquarienses¨ tiveram a logística de transportes como razão principal para se formarem.

Os chamados meios de comunicação logísticos, suas respectivas estruturas físicas e iniciativas empresariais diretas e indiretas de apoio variaram muito ao longo do tempo, mas nunca deixaram de ser fundamentais também por aqui. É bom dar a devida atenção para esse congresso.

Crédito: Divulgação


É DOMINGO, NÉ?

Domingo é dia de eleição, para diversos cargos eletivos. Alguns com possibilidade de 2º turno, outros não. E é bom ficar antenado com as respectivas teclas a apertar na tal urna inviolável, algumas opções não permitem uma segunda oportunidade de voto.

Se o meu Cumpádi Belarmino fosse citar abertamente em quem vai votar, imagino que seria logo carimbado com vários ¨istas¨ por determinadas patrulhas ideológicas bem conhecidas. Nem ele e nem eu estamos preocupados com isso, afinal, isso é coisa mais velha que guri fazer xixi pra frente, como dizem na fronteira. Apenas vamos respeitar as ditas cujas normas eleitorais e não criar problemas para quem abre espaço para essas mal traçadas linhas serem impressas.

Mas fica a sugestão: exerça seu ¨direito obrigatório¨ de voto e de preferência evite voto nulo ou em branco. Vote em alguém, nem que seja algum menos ruim na sua avaliação pessoal. O voto é supostamente secreto e ninguém vai saber disso de qualquer maneira. Se o seu candidato for bem na parada quando assumir o cargo, você pessoalmente poderá ter a satisfação íntima de ter feito a sua parte. Se ele for mal, sempre dá pra debitar na conta-corrente do Aprendizado.


Cortina de fumaça

De algum lugar não se sabe onde, surgiu uma narrativa não se sabe de qual fonte, que foi espalhada em certas redes sociais não se sabe como e nem por quem, segundo a qual, Sua Excelência, o cidadão/eleitor supostamente não poderia escolher a cor da camiseta que quisesse usar no momento do voto.

Eu tenho cinco amigos que costumo consultar regularmente pra reduzir a margem de erro em qualquer avaliação ou opinião: quem, quando, onde, como e por que. Consultei-os e fiquei sabendo que manifestações pessoais de preferências políticas no local do voto, individuais e silenciosas , ainda não foram proibidas por aqui.

Portanto, quem quiser ir votar com a camiseta do seu time ou da seleção tá liberado, inclusive com botons grudados no peito, nas costas, no pé e onde bem entender. Até uma bandeirinha presa na orelha, se assim o quiser.


CINE BRASIL APRESENTA

Eleições Polarizadas!!! (duplo com) Oh! E qual não foi?


Haja o que hajar

Não custa lembrar que aconteça o que acontecer nos resultados da eleição a vida não acaba nesse domingo. Segunda-feira é outro dia e a vida continua.

Festejar a vitória e até tirar um sarrinho de algum eventual adversário é do jogo, tipo disputa de GreNal. Mas sempre guardando o devido respeito e consideração aos eventuais derrotados.

Humildade e magnanimidade na vitória, seja lá de quem ela for.


LIVRE PENSAR

A eterna sina de quem está no governo:

• O maior defeito da democracia é que só os partidos que não estão no governo é que sabem governar.

• Pois é, quando a gente acerta, ninguém se lembra, quando a gente erra, ninguém esquece. (Ossos do ofício)

Acompanhe
nossas
redes sociais