“Cidade do futuro se mede pela mobilidade urbana e a proteção ambiental”, afirma promotor

IMPASSE

“Cidade do futuro se mede pela mobilidade urbana e a proteção ambiental”, afirma promotor

Entre outros assuntos, Sérgio Diefenbach fala sobre a demora do Poder Público construir abrigo de ônibus na Av. Benjamin Constant

Por

Atualizado quarta-feira,
21 de Setembro de 2022 às 10:25

“Cidade do futuro se mede pela mobilidade urbana e a proteção ambiental”, afirma promotor
Sérgio Diefenbach, promotor da Justiça Eleitoral da Comarca de Lajeado (Foto: Rodrigo Gallas)
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

“Uma cidade do futuro se mede pela mobilidade urbana e a proteção ambiental”, afirma o promotor da Justiça Eleitoral da Comarca de Lajeado, Sérgio Diefenbach, em entrevista ao programa Frente e Verso, da Rádio A Hora 102.9, desta quarta-feira, 21. Estes são aspectos para o município trabalhar, entende. A qualidade da mobilidade urbana está diretamente ligada ao transporte público. “Se não é tão bom, que a parada seja.”

LEIA MAIS:

Há um ano, usuários do transporte público de Lajeado não tem abrigo nas imediações do Hospital Bruno Born (HBB), na Avenida Benjamin Constant, no Centro. Em agosto passado foi definida a empresa responsável pela construção de oito abrigos de ônibus na cidade. A construção deveria começar em um mês, mas ainda não se identifica movimentações para isso. Diefenbach afirma que vai oficializar ao município nova consulta para verificar a regularidade de situação.

Na entrevista, o promotor também falou sobre a preparação do MP para as eleições de 2 de outubro.

Ouça a entrevista na íntegra

Acompanhe
nossas
redes sociais