Parceria busca melhorar ambiente para os negócios

LAJEADO

Parceria busca melhorar ambiente para os negócios

Programa Cidade Empreendedora aproxima gestão pública e empresas para estimular a economia local. Contrato com o Sebrae foi oficializado na inauguração do laboratório de inovação

Por

Atualizado sexta-feira,
09 de Agosto de 2022 às 14:10

Parceria busca melhorar ambiente para os negócios
Assinatura do contrato para desenvolver o programa Cidade Empreendedora em Lajeado ocorreu ontem na inauguração do Labilá. Crédito: Felipe Neitzke
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Edital voltado ao empreendimento inovador e parceria com o Sebrae. Duas iniciativas anunciadas ontem durante a inauguração do Labilá, o ambiente de inovação do governo municipal. Os novos projetos convergem para a integração da gestão pública e empresas a fim de estimular a economia local e o desenvolvimento da cidade.

A partir da assinatura de contrato serão trabalhados quatro eixos com a finalidade de contribuir na geração de emprego, renda e oportunidades de negócios. Esse trabalho coletivo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vale por dois anos e pode ser renovado.

Com o programa Cidade Empreendedora passam a ser trabalhados aspectos da gestão municipal, desburocratização, compras governamentais, educação, inovação e programa de aceleração de startups. Na avaliação do diretor superintendente do Sebrae, André Vanoni de Godoy, Lajeado avança para um novo patamar.

“Não é comum um município se abrir para processos de inovação. A assinatura do contrato representa a construção coletiva para um legado à sociedade”, comenta Godoy. Ao integrar o programa o município reforça sua estratégia em incentivar processos inovadores.

O projeto também vai ao encontro do edital Acelera 2.0. A proposta da Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil) prevê a aceleração de até 15 negócios inovadores com a qualificação e mentorias aos empreendedores.

Acelera 2.0

O diretor-executivo da Agil, Cristiano Zanin, destaca que o edital desafia pessoas físicas ou jurídicas com alternativas para mobilidade urbana, governança, gestão e atendimento ao público, entre outros gargalos. “Temos exemplos de sucesso da primeira edição onde hoje estão incubadas no Tecnovates.”

Zanin reforça que o edital ficará disponível no site Pro_Move, o movimento que representa o ecossistema de inovação de Lajeado. Pelo cronograma, a primeira etapa ocorre em 5 de setembro com oficina “Startando uma startup”. A entrega da premiação de três destaques está prevista para abril do próximo ano.

Labilá

O Laboratório de Inovação de Lajeado (Labilá) promete servir para cocriação e testagem de novas ideias no âmbito da gestão pública e qualificar os serviços à população. O local já abrigava o Pacto Lajeado pela Paz e também passa a sediar os encontros do Pro_Move.

De acordo com a diretora de inovação Mariela Portz, o compromisso do governo é fomentar novos talentos e promover o acesso a processos inovadores. Conforme o prefeito Marcelo Caumo, o laboratório criado há um ano promete reunir todas as secretarias para desenvolver projetos e parcerias e integrar o ecossistema de inovação.

Ações do Cidade Empreendedora

Gestão Municipal

–  Prevê atividades para o desenvolvimento das habilidades de liderança e gestão, com uma agenda de capacitações para o prefeito, secretários e servidores;

Desburocratização

– Trata de processos para simplificar a abertura e licenciamento de empresas, com agilidade segurança e incremento da arrecadação;

Compras governamentais

–  Gerar um círculo virtuoso com negócios locais que faz o dinheiro circular, aumentar os empregos e potencializar o crescimento da arrecadação;

Educação

–  Objetivo é estimular o desenvolvimento de competências empreendedoras nos estudantes, alinhadas às premissas da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC).


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook

Acompanhe
nossas
redes sociais