Mulheres em transformação é tema de encontro na Acil

Evento

Mulheres em transformação é tema de encontro na Acil

Fórum da Mulher Empresária no dia 9 de agosto terá palestra com Simone Leite e Gabriela Rockenbach

Por

Mulheres em transformação é tema de encontro na Acil
O evento ocorre no Salão de Eventos da Acil, na próxima terça-feira, 9 de agosto, das 13h30min às 17h30min. Crédito: Divulgação
Lajeado
Dreams - Lateral vertical - Final vertical

Para falar sobre a mulher no empreendedorismo e empoderamento, o Fórum da Mulher Empresária na próxima terça-feira, 9, traz o tema “mulheres em transformação”. O evento ocorre no Salão de Eventos da Acil, das 13h30min às 17h30min.

Na data, as palestrantes serão a ex-presidente da Federação de Entidades Empresariais do RS (Federasul), Simone Leite, com o tema mulheres que inspiram, e a mentora de mães Gabriela Rockenbach, que discorre sobre autoestima e autoconhecimento feminino.

As inscrições para participar do evento podem ser feitas até às 12h do dia 8 de agosto, pelo site sympla.com.br/evento/mulheres-em-transformação. O valor do ingresso é de R$ 45.

Mulheres que inspiram

“Este é um importante evento para promovermos encontros e reflexões sobre o papel das mulheres na nossa sociedade, não com o olhar romântico sobre o feminismo, mas sim sobre o papel transformador da efetiva participação das mulheres nos postos de decisão”. É com esse pensamento que Simone aborda o tema Mulheres que Inspiram durante o evento.

A profissional destaca que as características femininas como empatia, carisma e sensibilidade transformam vidas e mudam a realidade da sociedade. “As dificuldades são muitas e por isso é fundamental trocar experiências e perceber que os desafios surgem para todas e que a partir da união das mulheres é mais fácil evoluir”, ressalta Simone.

A palestrante também cita o Conselho da Mulher Empreendedora criado por ela, com o objetivo de desenvolver e fortalecer as mulheres, reconhecendo e aperfeiçoando habilidades e competências. O Conselho já conta com 40 Núcleos de Mulheres Empreendedoras no RS.

Autoestima feminina

Gabriela destaca que a mulher, quando pensa em se capacitar, desenvolver e se aprimorar, a tendência é buscar habilidades técnicas e comportamentais, o que ela chamou de soft e hard skills.

Antes disso, no entanto, Gabriela ressalta outros fatores que definem a forma como enxergar, se comportar, comunicar e perceber o mundo, os outros e os desafios do dia a dia. Essa base é o autoconhecimento e a autoestima, tema da conversa no próximo dia 9.

De acordo com a mentora, as mulheres foram, historicamente, relegadas a um papel secundário: cuidar da casa e dos filhos. E, embora essa realidade tenha mudado, a mulher ainda carrega esse eco do passado. “São barreiras internas que insistem em fazer acreditar que nunca somos boas o suficiente, que precisamos dar conta de tudo, ser perfeitas, que precisamos agradar”, afirma.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook