“Homens de bem”, mas que matam

Opinião

Fabiano Conte

Fabiano Conte

Jornalista e Radialista

“Homens de bem”, mas que matam

Por

Nesta semana, o promotor público Pedro Rui Fontoura Porto, com atuação no Ministério Público de Venâncio Aires, usou suas redes sociais para relatar sobre uma audiência de custódia de um autor de feminicídio que “lamentou”, cheio de orgulho, que a Justiça só ouvia as mulheres e que os homens eram ignorados e que o que ele fez foi coisa de “homens de bem”.

O cidadão matou sua ex-mulher com dois balaços e ainda se acha no direito de justificar, de exigir igualdade, pasmem. Conforme o promotor, ele ainda “profetizou que se as coisas continuassem assim nossos filhos e filhas teriam o mesmo destino de violência e, mesmo maculado pelo crime a que havia praticado, não perdeu a empáfia e não demonstrou nenhum arrependimento”. Uma fala machista que ainda permeia muitos “homens de bem” que se acham no direito de serem mais do que as mulheres, inclusive matá-las. Triste realidade.


Respeito aos símbolos

A atitude da cantora Bebel Gilberto, que pisou em uma Bandeira Nacional durante um show nos Estados Unidos, é considerada uma contravenção e é passível de multa.

A bandeira, assim como o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional, são considerados símbolos do país e, quando destruídos ou ultrajados em público, o autor está passível de punição. É preciso punir, independente das cores partidárias e interesses políticos.


Estrelense nomeado no Estado

Guilherme Engster. Crédito:Divulgação

Guilherme Engster foi nomeado nesta semana para o cargo de assistente superior da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano do Estado. Ele volta a trabalhar com Rafael Mallmann, o secretário desta pasta.

Na época em que Malmann foi prefeito de Estrela, Engster exerceu a função de secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico. No começo do atual governo municipal, atuou como diretor da secretaria. Chega ao cargo por influência de Mallmann e do atual prefeito, Elmar Schneider.


Maior arrecadação, menor gasto

Reportagem do A Hora desta semana apontou que Marques de Souza foi o município com maior crescimento na arrecadação de impostos da região no primeiro semestre. Foram R$ 7 milhões a mais do que igual período de 2021.

Boa parte deste retorno é resultado das obras de duplicação da BR-386. Ao mesmo tempo que tem arrecadação maior, Marques de Souza é, na região e talvez do Estado, um dos que menos gasta com a folha de pagamento. Hoje, o funcionalismo representa apenas 25% dos gastos da Prefeitura.


Curtas:

** Darci Hergessel, ex-vereador de Arroio do Meio pelo PDT, fará a coordenação da campanha de Enio Bacci a deputado federal, que concorre pelo União Brasil. O partido deverá abrir diretório em breve na cidade e tem no ex-vereador um dos líderes na formação da sigla na cidade.

** O PTB do saudoso Leonel Brizola definha no Vale do Taquari. Várias lideranças já deixaram a sigla e outras tantas farão o mesmo na janela eleitoral para a eleição municipal. A chance do partido se erguer é ter, neste pleito, vários deputados estaduais e federais eleitos, uma missão complicada.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook