Você lembra em quem votou?

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Você lembra em quem votou?

Por

Lajeado

O colega Fabiano Conte escreveu sobre isso na semana passada, ao lembrar uma pesquisa realizada em âmbito nacional sobre o trabalho dos parlamentares brasileiros. Os dados são muito preocupantes. Menos de 30% do eleitorado confirmou satisfação com o trabalho dos deputados federais.

E o mais instigante. Entre os entrevistados, 66% sequer lembrava o próprio voto para a definição do legislativo. Pois bem. A matéria de hoje, assinada pelo colega Filipe Faleiro nas páginas 6 e 7, demonstra que o Vale do Taquari também possui dados muito semelhantes. Por aqui, os percentuais são ainda mais alarmantes.

De acordo com a pesquisa encomendada pelo Grupo A Hora, e realizada pelo Instituto Methodus, 68,1% dos eleitores de Lajeado, Estrela, Teutônia, Arroio do Meio, Taquari e Encantado não lembrava o voto para deputado federal ou estadual efetivado em 2018. E isso é grave.

Aliás, me arrisco a afirmar que o índice seja ainda maior, e que muitos entrevistados responderam positivamente por constrangimento. Na matéria de hoje, Filipe Faleiro ouviu diversos especialistas e as explicações são ainda mais instigantes. É um verdadeiro paradigma a ser quebrado. E essa desconstrução precisa iniciar em outubro.

Crédito: Divulgação


Os novos acadêmicos

Crédito: Divulgação

A Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat) vai realizar solenidade de posse a novos Acadêmicos. O evento está marcado para o dia 24 de julho, véspera do Dia do Escritor, no SESC, em Lajeado. O início será às 18h.

A última vez que ocorreu o preenchimento de cadeiras foi em 2017. Naquela oportunidade foram admitidos cinco novos escritores. Desta vez, serão empossados Jandiro Adriano Koch (foto), Jorge Luiz da Cunha, Waldemar Richter, Silvio de Farias, João Tassinary, e Celson Weirich.

A Alivat é formada por 40 Cadeiras e, neste momento, oito estão vagas. Com a posse dos seis novos integrantes, restarão apenas dois espaços para escritores. A escolha dos nomes ocorreu na Assembleia realizada no dia 7 de julho.

O processo para ingressar na associação está estabelecido no Estatuto Social da entidade. A apresentação de candidatos é feita por Acadêmicos, indicados por ofício acompanhado de currículo. Na etapa seguinte é feito a análise do currículo literário, a conduta pessoal e o envolvimento comunitário.

Sobre a novidade que será concretizada no domingo, uma curiosidade. Entre os novos eleitos estão dois escritores que já conquistaram o Prêmio Açores de Literatura – Jorge Cunha e Jandiro Koch. Além disso, os novos representantes são de diversos municípios da região e de diferentes gêneros literários: Waldemar Richter atua na pesquisa histórica; Sílvio de Farias é romancista e dedicado a pintura artística; João Tassinary é biomédico e com forte atuação nas redes sociais; e Celson Weirich é dedicado a literatura infantil.


Pré-candidatos no Vale

Os pré-candidatos do Progressistas a governador, Luis Carlos Heinze, e ao Senado, Comandante Nádia, estiveram no Vale do Taquari nessa quinta-feira, 21. Eles participaram de um encontro organizado pela direção estadual da sigla para divulgar a campanha, no Clube dos 15, em Lajeado.

À tarde, eles visitaram a sede do Grupo A Hora para apresentar ideias e debater soluções para gargalos históricos da nossa região. No dia 26 de julho, o pré-candidato Onyx Lorenzoni (PL) também desembarca no Vale.

Crédito: Marcel Lovato


Comunicação em Estrela

A Secretaria de Educação de Estrela causou novo ruído ao anunciar, com menos de uma semana de antecedência, o início das inéditas férias de inverno da rede infantil de ensino. Nem o setor de comunicação do governo municipal sabia da indigesta surpresa apresentada aos pais e responsáveis. A impressão, por vezes, é que a secretaria trabalha de forma autônoma dentro do poder público, com carta branca para as mais variadas decisões. E isso é muito ruim.

Faz poucas semanas, o prefeito sofreu abalos na imagem em função da tentativa de municipalização de escolas estaduais, que também sofreu com a falta de comunicação. Elmar Schneider (PTB) foi obrigado a ir a público para desfazer o ruído gerado na comunidade escolar. Vai sobrar novamente para ele. E tudo isso poderia ser evitado.


TIRO CURTO

• Em Roca Sales, o Ministério Público instaurou inquérito civil para apurar “possível má prestação do serviço de energia elétrica na linha Parobé”.

• Henrique Kruger (PP) deixa a Secretaria de Obras e volta para a Câmara de Vereadores de Forquetinha.

• A sede do Clube Tiro e Caça (CTC) vai receber um evento de “casamento inclusivo” em novembro. Entre as entidades envolvidas na promoção social, destaque para o núcleo do Instituto Brasileiro de Direito da Família (IBDFAM) no Vale do Taquari.

• Em Estrela, os vereadores João Braun (PP) e Márcio Mallmann (PP) receberam os pais que foram até a Câmara reclamar das “férias de inverno” instituída na educação infantil.

• Em Lajeado, o vereador Adriano Rosa (PSB) solicita uma faixa elevada para pedestres em frente ao acesso de visitantes do Hospital Bruno Born, na Av. Benjamin Constant. E não é uma boa ideia, visto que existe um semáforo muito próximo.

• Ainda em Lajeado, a vereadora Ana da Apama (MDB) sugere a criação do Fundo Municipal de Mobilidade Urbana e Transporte Público.

• Por fim, os vereadores Carlos Ranzi (MDB), Vavá (MDB), Sérgio Kniphoff (PT) e Márcio Dal Cin (PSDB) solicitam a presença da presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Lajeado para falar sobre as contas da entidade. Em pauta, os problemas referentes à gestão passada.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook