Pedó Imóveis reinaugura unidade de vendas

Opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

Pedó Imóveis reinaugura unidade de vendas

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A Pedó Imóveis investiu na reformulação da loja de vendas, com objetivo de proporcionar momentos de relacionamento com clientes e criar um ambiente diferenciado para os colaboradores. Diretor da imobiliária, Mateus Pedó afirma que o investimento visa criar momentos de relacionamento com parceiros, além de um ambiente diferenciado para os colaboradores, com quatro salas de atendimento. “Queremos nossos clientes conosco, para tomar um café, fazer um churrasco e participar de Happy Hours, não somente para falar de negócios.”

Em franco crescimento, a empresa chega ao oitavo ano de atividade com 20 colaboradores, seis corretores e espaço dividido em três imóveis – separados em vendas, aluguel e equipe interna. Para os próximos anos, a projeção é ampliar em 20% as operações em aluguéis e manter a fatia de participação no mercado de compra e venda. O ato oficial de reinauguração ocorre hoje, às 17h30min, na esquina entre a avenida Benjamin Constant e a rua Pedro Albino Müller, no Florestal.

Créditos: Divulgação


BIMachine promove a Imersão Data-driven

A Arena BIMachine recebe amanhã evento inédito focado na cultura e nas habilidades analíticas. Voltado para clientes, parceiros e prospects da empresa, a imersão começa de manhã, com apresentação de representantes de organizações que utilizam a cultura de dados na gestão dos negócios.

Um dos painéis do evento será o 4º episódio da websérie “Empresa Orientada a Dados”, com transmissão ao vivo pelo youtube, às 10h30min. Participam do episódio a Indústria de Alimentos Agroaraçá e os técnicos de TI, Pedro Brandelli e Ricardo Balzan. Também haverá roda de conversas sobre as habilidades Data-driven, almoço de networking, e rodadas de Benchmark.

Crédito: Divulgação


O custo da distorção no IR

Em ano de eleição é sempre bom lembrar de um assunto que rende promessas a cada quatro anos: a defasagem na tabela do Imposto de Renda. Até 2021, a distorção entre a inflação e a tabela chegou a 135%, percentual que está ainda maior com a escalada de preços desse ano.

Estudo do Sindifisco Nacional, que representa os auditores fiscais da Receita Federal, mostra que a discrepância entre a inflação e o imposto de renda prejudica mais quem ganha menos. Simulação da entidade mostra que uma pessoa que recebe R$ 5 mil paga atualmente R$ 505,64 de IR. Se a tabela fosse corrigida pela inflação, o valor cairia R$ 24,73 – diferença de quase 2.000%.

No topo da pirâmide, entre os contribuintes que ganham R$ 100 mil ao mês, o imposto pago cairia dos atuais R$ 26.630,64 para R$ 25.352,85, uma redução de 5%. Já quem ganha até R$ 4.670,23 ficaria isento. Essa diferença entre quem está na base e no topo da pirâmide explica porque, apesar das promessas recorrentes, pouco se fez para corrigir esse problema que tira dinheiro da população para dar ao governo. Você já questionou seu candidato sobre o tema?


RÁPIDAS

• Reunião-almoço Cacis – A sexta reunião-almoço do ano da Cacis está marcada para o dia 12 de agosto, com palestra do presidente da Federasul, Anderson Trautman Cardoso. O palestrante aborda o tema “Associativismo: pessoas conectadas pelo desenvolvimento sustentável”.

O evento Começa às 11h45min e no Estrela Palace Hotel, ao custo de R$ 60 para sócios da Cacis e R$ 70 para não sócios R$ 70. Interessados devem confirmar presença até o dia 10 de agosto pelo telefone 3712-1900 ou e-mail [email protected]

• Aceleração Vibee – Encerra amanhã, dia 22, as inscrições para a quarta turma de aceleração – Batch 4 – do Vibee Unimed. O hub de inovação seleciona healthtechs de todo o Brasil para dois programas de aceleração: o Vibee Start, para startups em fase inicial, e Vibee Go, para startups mais desenvolvidas.

As empresas selecionadas passam por seis meses de mentorias e conexões com profissionais e empresas da saúde, universidades, mentores e potenciais investidores, além de especialistas em inovação. Mais informações e inscrições no vibeeunimed.com.br.

• Telemarketing abusivo – O Ministério da Justiça suspendeu serviços de telemarketing ativo de bancos, empresas de telefonia e de outros serviços. Entre as empresas atingidas, estão TIM, Vivo, Claro, Sky e Algar Telecom, instituições financeiras como Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Santander, Banco C6, Banco Pan, BMG , Safra, Crefisa, B e, Banco Mercantil.

A medida foi tomada após o registro de mais de 14 mil reclamações em três anos no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e no portal consumidor.gov.br.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook