É hora de reagrupar!

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

É hora de reagrupar!

Por

Vale do Taquari

A imagem foi captada durante o evento de lançamento do projeto Mapa de Comportamento do Turista, nessa segunda-feira, no Palácio Piratini. Na foto, o vice-presidente da Amvat e prefeito de Estrela, Elmar Schneider (PTB), o governador Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), e o prefeito de Encantado, Jonas Calvi (PTB).

A fotografia em nada lembra o clima de ruptura entre os prefeitos da Amvat, e tampouco traduz o recente desgaste entre o Executivo estadual e os municípios da região alta do Vale do Taquari. Isso significa que a paz reina absoluta entre as partes? Não, é claro que não. Mas é um indício de que a ruptura entre prefeitos da nossa região foi uma decisão equivocada. E vamos combinar. Já passou a hora de reagrupar!


Márcia e Bacci à frente

O Vale do Taquari possui um número considerável de pré-candidatos a deputado estadual e federal. E isso faz parte da democracia e está tudo bem. Mas, e isso também faz parte da democracia, dois nomes despontaram nas duas pesquisas contratadas pelo Grupo A Hora, divulgadas em março e julho deste ano.

Para a Assembleia Legislativa, o destaque do momento é Márcia Scherer (MDB). Já para o Congresso Nacional, o preferido do eleitor, segundo a análise do Instituto Methodus, é o experiente Enio Bacci (União Brasil). Entre eles, destaco duas características. Márcia é a púnica aposta do MDB na região. E Bacci é o único que já assumiu uma cadeira de deputado federal (e estadual) entre todos os postulantes.


Ceat e Lajeadense

O Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat) comprou uma área de oito hectares no entorno da Arena Alviazul. O valor da compra foi de R$ 2,4 milhões. Segundo o diretor, Rodrigo Ulrich, ainda não há definição sobre a forma de utilização do imóvel, mas a iniciativa está alinhada com o “planejamento 2022-2027” da instituição de ensino.

“Com o crescimento de Lajeado, perspectivas, demandas e necessidades futuras, podem exigir que contribuamos fisicamente em outros espaços da nossa cidade, ainda que com parte dos níveis de ensino. Isto, também, análogo ao Vale do Taquari, como fizemos com a abertura da unidade Região Alta, em Roca Sales”, informa. A aquisição agradou os empresários ligados ao Lajeadense. Há, entre eles, o entendimento de que o novo vizinho valoriza ainda mais aquela área da cidade.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook