EGR aguarda documentação para confirmar obras na 453

Infraestrutura

EGR aguarda documentação para confirmar obras na 453

Troca do asfalto e construção de duas rótulas fazem parte do pacote de obras. Serão R$ 26 milhões de investimento

Por

EGR aguarda documentação para confirmar obras na 453
Precariedade da pista provocou reação de motoristas e do Ministério Público. Melhorias devem começar nos próximos dias. Crédito: Arquivo/A Hora
Vale do Taquari
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) espera por trâmites burocráticos para confirmar o investimento de R$ 26 milhões na RSC-453, entre Venâncio Aires e Lajeado. O consórcio Giovanella e Coesul venceu a licitação no fim de maio. A homologação do resultado foi confirmada em 4 de julho.

De acordo com a estatal, assim que o trâmite burocrático for cumprido, as obras iniciam no trecho de 29 quilômetros. A previsão é que as melhorias sejam concluídas até março de 2023.

Pelo cronograma, será feito o recapeamento asfáltico em todo o percurso, além da construção de duas rótulas (nos quilômetros 27 e 29), e de uma alteração no acesso ao distrito industrial de Venâncio.

Concessão

As duas rótulas ficam no território de Cruzeiro do Sul. Uma nas imediações do distrito industrial e outra próxima a divisa com Lajeado, onde está o parque de eventos. “Estávamos aguardando uma posição do Estado. Tivemos uma primeira reunião sobre essas obras, mas não havia definição dos locais”, diz o prefeito João Dullius.

A dúvida é por conta do modelo das rótulas, se já serão projetadas tendo em vista o projeto de concessões das rodovias estaduais. “Não sabemos se já está nas dimensões da futura duplicação. Essa confirmação do investimento nos pegou de surpresa”, admite o prefeito.

Pelo pacote de concessões, a nova pista na RSC-453 seria iniciada após o 20º ano do contrato. “Fazer algo agora para desmanchar de novo seria o fim. Seria desperdício. Vamos insistir com o Estado para sabermos mais detalhes.”

O Estado lançou o edital de transferência de trechos das estradas na região no início de junho. Pela estimativa, o resultado do leilão será conhecido em 1º de setembro. Pelos prazos, caso confirmado o processo, a nova concessionária assinaria o contrato ainda neste ano e passaria a administrar os trechos no primeiro trimestre de 2023.

Buracos e críticas

As condições precárias da rodovia resultaram em interferência do Ministério Público. A promotoria de Lajeado cobrou um plano de ação da estatal para melhoria na 453. Em junho foi aberto um Procedimento Administrativo de acompanhamento de Políticas Públicas.

O MP de Lajeado apura a falta de manutenção na rodovia. A ação foi motivada a partir das críticas dos motoristas. A EGR foi notificada e, a partir disso, prestou esclarecimentos à promotoria e se comprometeu em investir nas melhorias na pista.

 

 

 

 

 

 


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook