Município finaliza projeto e encaminha construção de nova sede ao Daer

Infraestrutura

Município finaliza projeto e encaminha construção de nova sede ao Daer

Intenção é abrir licitação ainda este mês. Autarquia vai se mudar para área no bairro Campestre, às margens da 130. Negociação com o Estado para incorporar prédio no Centro inclui também construção de vias laterais no trevo da BRF

Por

Município finaliza projeto e encaminha construção de nova sede ao Daer
Sede da autarquia será construída no bairro Campestre, rua João Goulart. Crédito: Mateus Souza
Lajeado

Depois de quase oito décadas, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) terá uma nova sede em Lajeado. A 11ª Superintendência Regional da autarquia vai se mudar para o bairro Campestre, em um terreno às margens da ERS-130. A construção do futuro prédio ficará a cargo do governo municipal, após parceria firmada com o Estado.

Nesta semana, foi finalizada a execução dos projetos complementares do futuro prédio, que terá 427,5 metros quadrados de área construída. No local, hoje, está a sede campestre do Daer. Os trabalhos foram desenvolvidos pelo arquiteto Alexandre Blume. Nos próximos dias, serão feitos os últimos ajustes antes de encaminhar a abertura de licitação.

Blume concluiu os projetos estrutural, arquitetônico, elétrico, hidrossanitário e executivo do imóvel. Conforme o secretário municipal de Planejamento, Urbanismo e Mobilidade, Giancarlo Bervian, a contratação de um profissional de fora ocorreu devido à quantidade de projetos em desenvolvimento nos últimos meses.

“Nossa equipe está muito demandada, pois temos projetos da central de polícia, da UBS do São Cristóvão, da escola do bairro Campestre e outras propostas internas. E para os complementares, sempre buscamos profissionais específicos para que desenvolvam a parte mais burocrática do processo”, salienta.

Os projetos complementares detalhados somam-se ao projeto de arquitetura que foi desenvolvido internamente pelo município. Segundo Bervian, esta iniciativa gerou economia. “Em princípio, cuprimos essa etapa. Temos o orçamento finalizado e falta a aprovação para abrirmos a concorrência ainda este mês”.

Contrapartida

A construção da nova sede ao Daer é uma das contrapartidas previstas na permuta com o Estado, aprovada em julho do ano passado, na câmara de vereadores. Será investido R$ 1 milhão no prédio e a intenção do governo é entregá-lo pronto à autarquia em 2023. “Não é uma obra demorada. Imagino que dê para fazer em 6 ou 7 meses”, pontua Bervian.

O outro investimento executado pelo governo de Lajeado é a construção das vias laterais, viaduto e novas rótulas na ERS-130, no entorno do trevo da BRF. A obra está orçada em R$ 11,8 milhões.

Os trabalhos iniciaram em janeiro e a expectativa é de conclusão ainda este ano. Por fim, perdoaria uma dívida de R$ 4,2 milhões do Estado com o município, que envolvem repasses à saúde.

Somente após a finalização das obras é que o município vai incorporar o imóvel do Daer, localizado no Centro da cidade. A sede da autarquia está avaliada em R$ 15,5 milhões. O governo não detalha quais os planos para a área.

Antiga superintendência

– A atual sede do Daer, na avenida Benjamin Constant, foi inaugurada em setembro de 1943. À época, era um prédio moderno e refletia a importância da autarquia ao Estado;

Na década de 1970, por exemplo, 375 servidores atuavam na superintendência regional. Hoje, são 31, que atendem 47 municípios e 608 quilômetros de rodovia;

– Muitos dos profissionais já estão com idade de aposentadoria e hoje não há previsão de novos concursos públicos;

– Pouco tempo após a aprovação da permuta na câmara, a Superintendência Regional emitiu nota se posicionando contra a mudança de endereço.

Crédito: Arquivo A Hora

 


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook.