Vereador deve acionar MP contra variação no preço da gasolina

ENCANTADO

Vereador deve acionar MP contra variação no preço da gasolina

Diferença de até R$ 0,79 no litro do combustível mobiliza parlamentar Cris Costa (PSDB). Denúncia visa apurar conduta dos postos

Por

Vereador deve acionar MP contra variação no preço da gasolina
Cinco postos de combustíveis de Encantado possuem o mesmo valor de R$ 6,39 no litro da gasolina. Crédito: Juliana Pisoni
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A diferença no preço da gasolina comum entre os postos de combustíveis de Encantado e da região chama a atenção dos consumidores. No município os valores variam entre R$ 6,39 a R$ 6,69.

Conforme dados do aplicativo “Menor Preço”, o menor valor é encontrado em Estrela, por R$ 5,60. Uma diferença no bolso de R$ 0,79. Essa variação foi o que motivou o vereador, Cris Costa (PSDB) a acionar o Ministério Público.

“Vou levar a situação ao MP por meio de uma denúncia para que os postos sejam investigados. Não podemos admitir esse alto valor em nossa cidade, sendo que em outras próximas a nós, os preços são bem mais baixos”, diz.

LEIA MAIS: Procons iniciam fiscalização de postos de combustíveis

Costa tem acompanhado a variação no preço da gasolina e feito a comparação na última semana. Ele questiona a coincidência de cinco postos cobrarem o mesmo valor nas bombas. “Isso nos leva a crer que há algum motivo por trás. Vou encaminhar os dados e valores e solicitar que o órgão competente entre com uma ação”.

Recentemente, o vereador publicou em suas redes sociais o descontentamento com o preço da gasolina no município. Em nota ele orienta o consumidor a pedir a nota fiscal e, caso se sinta lesado, procurar seus direitos através do Ministério Público ou do Procon.

Costa destaca que após fazer a manifestação, várias pessoas o chamaram e relataram sua indignação. “Um amigo diz que ao abastecer, questionou o frentista do porque não baixar o valor. A resposta foi: “Se fizermos algo fora do combinado, o chumbo pega”. Precisamos nos mobilizar enquanto consumidores”, conclui o vereador.

Entenda

O Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou na quarta-feira, 6, que estima uma redução de 21% no preço médio da gasolina no país – em média R$ 1,55 por litro. A decisão se deve a redução de impostos articuladas entre o governo e o Congresso.

A alíquota do ICMS dos combustíveis devem ser uniformes em todo o território nacional. Neste sentido, no Rio Grande do Sul o preço médio era de R$ 7,06 e o esperado é que o valor chegue a R$ 5,67. Uma diferença de R$ 1,39, ou seja, -19,7%.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook