Evento incentiva partilha de alimentos e hábitos saudáveis

Capitão

Evento incentiva partilha de alimentos e hábitos saudáveis

Atividade da Emater/RS-Ascar reuniu mais de 60 produtores. Programação contou com troca de sementes e plantas e palestra sobre cultivos orgânicos

Por

Evento incentiva partilha de alimentos e hábitos saudáveis
Encontro mantém tradição de compartilhar produtos da agricultura familiar. Crédito: Divulgação
Capitão
Dreams - Lateral vertical - Final vertical

Com o tema “Sabedoria cultural com qualidade e biodiversidade em suas mãos”, o município de Capitão promoveu na quarta-feira, 6, a terceira edição do Encontro de Sementes Crioulas.

O evento, que reuniu mais de 60 participantes, ocorreu na Escola Estadual de Ensino Médio Capitão. Na ocasião, além da tradicional permuta de sementes, mudas e raízes diversas, houve degustação de alimentos produzidos a partir de cultivos crioulos e trocas de experiências sobre o assunto.

Palestrante da tarde, o extensionista da Emater/RS-Ascar André Müller abordou o tema “Motivações para produzir uma alimentação sadia”. Em sua manifestação, lembrou a famosa frase de Hipócrates, considerado pai da medicina ocidental, que afirmava que devíamos fazer do alimento “o nosso remédio”.

A ideia do extensionista foi a de sensibilizar os presentes para uma reflexão sobre aquilo que se come. “E no meio disso tudo está o agricultor familiar, que é a “chave” para uma produção mais limpa”, enfatizou.

A propósito do tema, o apicultor e meliponicultor Valmir Morschheiser apresentou experiência sobre a criação de abelhas sem ferrão e a sua importância para a biodiversidade. Com décadas de experiência, Morschheiser repassou informações sobre captura, manejo e multiplicação de espécies como jataí, tubuna e mirim.

“Esse tipo de abelha nativa tem papel estratégico na conservação das florestas”, pontou o produtor, que afirmou ainda que esse tipo de variedade tem muito valor para o meio ambiente, tendo também potencial econômico, mesmo com a menor quantidade de mel produzida.

O evento foi organizado pela Emater/RS-Ascar, Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (Capa), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Prefeitura de Capitão e EEEM Capitão.

Entre as autoridades, estiveram presentes lideranças municipais e representantes de entidades, como o presidente do STR, Marcos Hinrichsen que salientou a importância da agricultura familiar na propagação de matrizes e na manutenção desse tipo de produção como um investimento permanente em saúde.

 


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook