Desestímulo dos produtores é o maior culpado pela alta do preço do leite, diz presidente do STR Lajeado

PREÇO EM ELEVAÇÃO

Desestímulo dos produtores é o maior culpado pela alta do preço do leite, diz presidente do STR Lajeado

Segundo Lauro Baum, falta do produto eleva custo ao consumidor

Por

Desestímulo dos produtores é o maior culpado pela alta do preço do leite, diz presidente do STR Lajeado
Lauro Baum, presidente do STR Lajeado (Foto: Rodrigo Gallas)
Vale do Taquari

Desestímulo de rentabilidade diante do impacto dos custos, dificuldades de sucessão familiar, migração para atividades mais rentáveis são alguns dos motivos para a alta do preço do leite. É o que afirma o presidente do STR Lajeado, Lauro Baum, em entrevista ao programa Frente e Verso, da Rádio A Hora 102.9, desta sexta-feira, 8.

LEIA MAIS: Menor oferta e aumento de custos pressionam preço do leite

Item da cesta básica, o leite de caixinha (UHT) acumula alta superior a 20% desde o início do ano. Os frequentes reajustes visam reduzir os impactos dos custos de produção e industrialização, mas pressionam o valor final ao consumidor.

Em supermercados da região, o litro do leite passa dos R$ 6. Enquanto isso, os produtores recebem até R$ 2,95. Além disso, a oferta no mercado internacional segue tímida e pouco atrativa à indústria com a elevação do dólar.

Sem perspectivas de mudanças no cenário, analistas de mercado acreditam que o leite e derivados sigam tendência de aumento até pelo menos agosto. Na avaliação de Baum, essa situação é reflexo do desmonte da cadeia leiteira.

Ouça a entrevista na íntegra 

 


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook