Concentração como palavra-chave para o acesso

Semana decisiva

Concentração como palavra-chave para o acesso

Lajeadense precisa reverter em casa o placar da ida para conquistar o sonhado retorno à elite do futebol gaúcho

Por

Concentração como palavra-chave para o acesso
Equipe de Gelson Conte viu as melhores chances do jogo pararem nas mãos do goleiro Copetti . Créditos: Elton de Andrade
Lajeado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A primeira partida da semifinal que vale o acesso ao Campeonato Gaúcho não foi como o Lajeadense esperava. Em Bento Gonçalves, contra o Esportivo, o Alviazul até foi melhor e dominou boa parte do jogo.

No entanto, parou em ótima atuação do goleiro Copetti e foi superado por 1 a 0. A derrota não abala o clube, que terá o forte apoio da sua torcida para reverter o placar e retornar à elite do estado. O jogo da volta ocorre no próximo domingo, 10, às 15h.

O sentimento pós jogo foi de placar injusto. A partida na Montanha dos Vinhedos teve dois tempos bastante distintos. No primeiro, um Lajeadense desencontrado viu o Esportivo abrir o placar aos 5 minutos, com João Pedro, em falha coletiva da defesa. O time mandante ainda acumulou outras chances.

Gelson Conte voltou do intervalo com duas modificações: as entradas de Menezes e Luan nos lugares de Júlio Cézar e Ruan. A partir delas, o time cresceu de rendimento e acumulou chances. Ariel, Alan Bald e Gui Dal Pian, em duas oportunidades, pararam em defesas de Copetti. O goleiro foi o melhor em campo e grande responsável pela vitória que deixa o Esportivo em vantagem pelo acesso.

Torcida Alviazul compareceu em ótimo número na Montanha dos Vinhedos

Cenários para o retorno à elite

O nível de atuação do Lajeadense deixa clara a chance do clube reverter o placar. Como perdeu por 1 a 0, o Alviazul sobe para a primeira divisão se vencer a partida em Lajeado por dois ou mais gols de diferença.

Se vencer por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis. Já o Esportivo joga por qualquer vitória ou empate para retornar à primeira divisão. A competição não prevê saldo qualificado.

Concentração é a palavra da semana

Logo após a partida Gelson Conte pregou que a concentração será o diferencial para recolocar o clube na primeira divisão. O time sentiu o peso da semifinal e não fez um bom primeiro tempo. Este será o aspecto mais trabalhado na semana que antecede o jogo da volta. O elenco teve a segunda-feira para descansar e hoje retoma os treinamentos, com atividade em dois turnos. De amanhã até sábado os trabalhos técnicos e táticos serão em turno único.

Na sexta-feira a delegação irá para Teutônia, onde ficará hospedada até instantes antes do jogo. Gerente Executivo do clube, Luca Lenz considera que todo o pensamento e foco precisa ser nos 90 minutos que decidirão o futuro do Lajeadense. “A decisão de ir a Teutônia é logística e estratégica. Já fomos antes do jogo contra o Glória e o elenco gostou. É um local diferente, mais tranquilo, melhor para a concentração. É uma maneira de também valorizar os atletas”, destaca.

Expectativa de Arena lotada

A direção trabalha com a expectativa de ter contra o Esportivo o melhor público dos últimos anos na Arena Alviazul. Uma reunião na noite de ontem decidiu as questões referentes a ingressos e promoções. As vendas de entradas para a partida devem iniciar hoje.

Empate em Passo Fundo

Na outra semifinal, Passo Fundo e Avenida ficaram no empate em 0 a 0, no estádio Vermelhão da Serra. O confronto de volta ocorre no próximo domingo, no estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook

Acompanhe
nossas
redes sociais