Associação incentiva uso de bicicletas para a mobilidade

ENCANTADO

Associação incentiva uso de bicicletas para a mobilidade

Desde abril, o grupo Ciclos no Vale articula eventos e ações que beneficiem os ciclistas da região. Entre as atividades propostas está a instalação de bicicletários em pontos estratégicos

Por

Associação incentiva uso de bicicletas para a mobilidade
Crédito: Imagem ilustrativa
Encantado
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Um espaço exclusivo para os ciclistas guardarem suas bicicletas com segurança, este é apenas um dos objetivos dos bicicletários que, em breve, serão instalados em cinco pontos centrais do município.

A iniciativa é do grupo Ciclos no Vale que integra a Associação de Cicloturismo e Mobilidade Urbana do Vale do Taquari. A ideia, futuramente, é contar com cerca de 50 pontos espalhados pela cidade.

O projeto desenvolvido pela arquiteta, Emanuelle Fontana é baseado em modelos existentes pelo mundo. “Estudamos várias possibilidades e, assim, fomos aprimorando o projeto. Chegamos a um modelo que fosse o mais adequado em custo-benefício, durabilidade e segurança, tanto para o turista como para a ciclomobilidade”, explica o presidente da Associação, Alexandre Lorenzon.

Conforme Alexandre, a intenção é expandir com o projeto em todo o Vale, além de formar parcerias com empresas e estabelecimentos comerciais. “Teremos o modelo externo que será instalado em pontos de alta circulação de pessoas e, outro, para ambientes internos. Isso traz segurança para quem utiliza a bicicleta no dia a dia”.

Ele frisa também, que o projeto abrange ciclofaixas e ciclorrotas, o que possibilita conectar a casa do ciclista ao seu local de trabalho, por exemplo, evitando que ele utilize o automóvel.

De acordo com Alexandre, Encantado se projeta para ser uma cidade sustentável, a longo prazo. Entretanto, há algumas culturas e pensamentos que precisam ser revistos. “Como podemos falar em sociedade sustentável se temos praticamente um automóvel por habitante e que estimula excessivamente o uso de combustível fóssil?”, questiona.

Para ele, é preciso que a comunidade desperte para o uso de outros meios de locomoção, ao mesmo tempo em que o município ofereça espaços destinados aos ciclistas no trânsito para que possam pedalar na cidade com mais segurança.

Eventos

Como forma de incentivar a prática do cicloturismo na região, o grupo Ciclos no Vale organizou um pedal para o dia 16 de outubro. A Atividade será realizada no Cristo Protetor, tendo a parceria da Associação Amigos de Cristo.

“Esperamos uma quantidade expressiva de participantes que terão a oportunidade de pedalar pela Lagoa da Garibaldi e nas proximidades do monumento. Nossa única preocupação é de como estará a estrada no dia, já que o acesso recebe pavimentação asfáltica”, pontua.

O grupo também participa de forma indireta, do evento “Passeio Ciclístico Conventos Vermelho”, que ocorre no dia 4 de setembro, em Roca Sales. “Essas ações são importantes para manter as pessoas engajadas na causa e, também, proporcionar momentos de confraternização e um estímulo por uma melhor qualidade de vida”.

Grupo Ciclos no Vale

A necessidade de ter uma pessoa jurídica que batalhe pelas demandas dos ciclistas da região, fez com que um grupo de amigos e conhecidos criassem em abril deste ano, a Associação de Cicloturismo e Mobilidade Urbana do Vale do Taquari.

“Para que pudéssemos colocar em prática nossas demandas frente a entidades públicas ou empresariais, era preciso ter alguém para nos representar. Constituir a Associação foi fundamental para alinhar os nossos pensamentos, com o que os gestores municipais podem nos oferecer”, explica.

Atualmente o grupo possui cerca de 30 integrantes, sendo em sua maioria, pessoas que utilizam a bicicleta para praticar esporte ou lazer. “Há aqueles que em algum momento da vida já pedalaram, mas hoje não praticam mais, como também os que apenas possuem uma afinidade com o esporte e querem que ele cresça cada vez mais na região”, revela.

Aos interessados em fazer parte da Associação ou contribuir com ideias é só entrar em contato pelo instagram @ciclosnovale. Uma campanha para arrecadar recursos também será lançada em breve. Quem quiser auxiliar o grupo com algum valor, pode ser através do Pix no CNPJ da Associação (462.735.500.001-85).


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsAppInstagram / Facebook

Acompanhe
nossas
redes sociais