Ausência de propostas frustra licitação para obra de ginásio

Infraestrutura

Ausência de propostas frustra licitação para obra de ginásio

Processo para a instalação de um ginásio de esportes foi considerado “deserto” e arquivado em seguida. Recurso de R$ 714 mil é oriundo do programa Avançar no Esporte

Por

Ausência de propostas frustra licitação para obra de ginásio
Área onde será construído o ginásio tem uma quadra de areia e fica ao lado da associação de moradores do bairro. Crédito: Jhon Willian Tedeschi
Estrela
Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A demanda da população para a construção de quadra esportiva no bairro Pinheiros vai ter que esperar. Com recurso garantido pelo Estado e projeto já desenvolvido, a falta de interesse de empresas para apresentar propostas na licitação faz com que a obra ainda não saia do papel. A partir disso, o processo será reiniciado, com possibilidade de prejuízo ao cronograma.

Conforme o presidente da associação, Ademir Dickel, a ideia inicial era que a quadra fosse construída dentro da sede da entidade, para manter o espaço de areia na parte externa. “Pedimos ajuda para aumentar o salão, mas para ganharmos a verba era necessário fazer um ginásio”, lamenta.

O líder comunitário se refere aos valores disponibilizados pelo programa Avançar no Esporte. No total, o Piratini destinou R$ 500 mil para a obra, enquanto o município teve um desembolso de R$ 214,6 mil como contrapartida. O anúncio do recurso foi feito em fevereiro, pelo secretário estadual de Esporte e Lazer, Danrlei de Deus Hinterholz.

A cobertura da quadra terá 622,15 m², feita de estrutura de concreto armado e suporte metálico para posicionar a telha de mesmo material – conforme o projeto, a vida útil dos materiais vai de 20 a 50 anos. Já o piso será cimentado, com acabamento liso. O descritivo da obra prevê ainda a iluminação do ginásio. Mesmo com as melhorias, a iniciativa recebe críticas do representante do bairro. As reclamações são quanto a necessidade de fechar a estrutura, construir banheiros e ter que indicar uma pessoa para cuidar da quadra.

Salão em reforma

O espaço destinado a nova estrutura fica junto à associação de moradores da localidade, na esquina das ruas Oscar Leopoldo Kasper e Gernot Costa. O prédio da sede este que passa por ampliação para atender melhor a comunidade nos eventos organizados pela entidade. O término da reforma está previsto para o final de julho e o salão terá mais de 520 m².

Licitação reiniciada

A administração recebeu com surpresa a notícia da licitação ser considerada deserta. Internamente a expectativa era que haveria entrega de envelopes por alguns interessados. “Foi de cair o queixo”, afirmou o secretário do Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Joel Mallmann.

Ele garante a retomada do processo assim que possível, para que a utilização dos recursos seja garantida. Nesta quinta-feira, 23, uma reunião definirá o formato para a retomada da contratação. “O processo que ficou deserto será arquivado”, finaliza Mallmann.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook