Um pulmão para Lajeado

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Um pulmão para Lajeado

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O poder público de Lajeado debate sobre a necessidade de tributar (ou não) os clubes sociais. Por lei, as entidades precisam pagar o IPTU, mas o Executivo concedeu uma isenção informal por décadas. É um caso complexo. Se por um lado muitos argumentam que o pagamento deve partir de todos, sem distinções, há fatos a serem analisados. O Clube Tiro e Caça, por exemplo, presta um serviço incalculável ao meio ambiente.

Hoje, a sede é um verdadeiro oásis em meio ao concreto da área central da cidade, com 2,5 hectares de mata nativa. E isso, por si só, merece um olhar mais atento por parte das autoridades.


Audiência Pública sem público

A importante audiência pública para tratar da revisão do Plano de Saneamento Básico de Lajeado foi a manchete principal de capa do jornal A Hora do fim de semana, a edição com o maior número de leitores na concorrida semana. A informação foi replicada nas plataformas digitais do Grupo A Hora.

Mesmo assim, a participação popular foi pífia. Talvez tenha faltado divulgação por parte de quem organiza o evento. E, talvez, o horário (8h30min) seja um problema. Ou, quem sabe, o assunto de fato não é do interesse dos contribuintes.



Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook