Não sejamos um “puxadinho” da Serra

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Não sejamos um “puxadinho” da Serra

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

As operadoras de turismo do Estado já estão de olho no Vale do Taquari, com destaque para as visitas às obras do Cristo Protetor, no alto do Morro das Antenas, em Encantado. No entanto, a forma como estes empreendimentos divulgam o roteiro pela nossa região ainda incomoda nossos agentes públicos e privados. Isso porque as agências vendem os pacotes chamados de “bate e volta”. Ou seja, não estamos recebendo turistas. Mas, sim, visitantes. Para ser classificado como um turista, o visitante precisa passar ao menos uma noite hospedado na região. E isso é muito raro. Logo, é preciso atentar para novos atrativos, sob o risco da nossa valorosa estátua se tornar um “puxadinho” para os turistas que escolhem a Serra Gaúcha.


Aterro e prisão

A administração municipal de Taquari contratou o biólogo Jackson Müller para realizar um estudo de impacto ambiental em Linha Amoras, ponto escolhido para a polêmica instalação de um aterro sanitário privado. Müller atestou que a área é imprópria para tal empreendimento. Isso tudo já foi pauta entre os meses de fevereiro e março deste ano, principalmente, mas o nome do biólogo virou pauta estadual na semana passada.

Müller também é Secretário de Meio Ambiente na cidade de Canela. Aliás, ele era o chefe da secretaria. Com experiência na área ambiental das prefeituras de Estância Velha e Novo Hamburgo, e também com passagem como diretor técnico da Fepam, o agente público foi preso durante a Operação Cáritas da Polícia Civil. Ele é suspeito de corrupção em licenças ambientais. Por ora, sem qualquer menção ao serviço prestado em Taquari.


Acessibilidade em Lajeado

A “acessibilidade” está em debate na cidade de Lajeado. Além da criação de uma comissão especial junto à Câmara de Vereadores, cuja primeira ação será a reforma das calçadas e acessos no entorno do Hospital Bruno Born (HBB), o Ministério Público também acompanha outras situações paralelas. Uma dessas é o acesso à Escola Estadual Érico Veríssimo, onde os alunos precisam passar por um trecho em obras, e que se perpetua faz anos.


Ana da Apama será expulsa do MDB

Na tarde de ontem, a vereadora Ana da Apama (MDB) foi notificada de forma extrajudicial pelo próprio partido. A alegação da Executiva do MDB em Lajeado é de que a parlamentar não responde às recorrentes tentativas de contato. Diante dos fatos, resta claro que ela está na iminência de ser expulsa do quadro emedebista, o que não acarretaria em perda de mandato.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook