Sobe pressão por Refis do ICMS

Opinião

Thiago Maurique

Thiago Maurique

Jornalista

Coluna publicada no caderno Negócios em Pauta.

Sobe pressão por Refis do ICMS

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

As entidades empresariais gaúchas se unem em torno da proposta de um novo parcelamento das dívidas do ICMS para o varejo. Nesta semana, a Associação Gaúcha do Varejo (AGV) encaminha pedido ao governador Ranolfo Vieira Jr., mobilização apoiada pela da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado. Na semana passada, dirigentes da AGV se reuniram com o chefe da Casa Civil, secretário Artur Lemos (foto).

O principal argumento para o Refis está nas dificuldades enfrentadas pelo setor durante a pandemia. Conforme o presidente da CDL Lajeado, Aquiles Mallmann, as empresas enfrentam até hoje os reflexos dos períodos em que foram obrigadas a fechar as portas. “O setor tenta se reestruturar e crescer.”

Contadora da CDL Lajeado, Aline Führ ressalta a necessidade de parcelamento simples com prazo superior a 60 meses, escala de descontos em juros e multas de acordo com o prazo. Também defende parcelamento de 60 meses sem garantia ou fiança na Procuradoria Geral do Estado (PGE), que possa ser feito pelo contribuinte diretamente pela internet, sistema já adotado em Santa Catarina.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook