Pacto pela Paz ganha espaço no LabiLá

LAJEADO

Pacto pela Paz ganha espaço no LabiLá

Mudança da sede do programa de prevenção à violência será finalizada hoje. Laboratório de Inovação também vai abrigar o Pro_Move e a Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil)

Por

Pacto pela Paz ganha espaço no LabiLá
Prefeito Marcelo Caumo acompanhou mudança. Nos próximos dias, será feita uma inauguração simbólica do novo espaço do Pacto (Foto: Divulgação)
Lajeado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Perto de completar três anos de atuação na cidade, o Pacto Lajeado pela Paz estará de casa nova nos próximos dias. A estrutura do programa funcionará junto à futura sede do Laboratório de Inovação Governamental e Social de Lajeado (Labilá), em frente a Praça do Chafariz, na rua Marechal Deodoro. A mudança será concluída hoje.

LEIA MAIS: Câmara de Lajeado adia votação de verba para Expovale e Construmóbil

Será a primeira ocupação do novo espaço criado pelo governo de Lajeado, voltado a inovação na gestão pública. Nos próximos dias, o imóvel também vai receber o Pro_Move Lajeado, a Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil) e a Coordenadoria de Inovação e Projetos Especiais do município.

Conforme a coordenadora do eixo de Prevenção, Tânia Fröhlich Rodrigues, o Pacto pela Paz estará em um local considerado estratégico pelo Executivo. “Nós vamos para uma estrutura maior e estaremos integrados a esses movimentos inovadores, pois o Pacto pela Paz é entendido como uma inovação social dentro do município”, salienta. Junto com Tânia, estarão as coordenadoras dos demais projetos desenvolvidos e outras funcionárias.

A coordenadora de Inovação e Projetos Especiais, Mariela Portz, ressalta que o LabiLá já funciona, na prática. Resta apenas a sede física, que está quase pronta. “É uma grande alegria ter este espaço. A ideia é que tudo aconteça logo e conseguimos trabalhar com os cursos que pretendemos fazer”, frisa.

Crescimento

Hoje, o Pacto pela Paz está com todas as ações colocadas em prática de forma presencial, após algumas restrições impostas pelo período mais crítico da pandemia. Só na área de educação, Tânia diz que mais de 10 mil pessoas são impactadas pelos projetos.

“E na parte da Justiça Restaurativa, são 30 mil envolvidos, de forma direta e indireta. É um movimento muito grande que acontece, não só nas escolas. Chegamos também às empresas”, cita Tânia. Durante a pandemia, muitos dos projetos tiveram atividades online. “O Pacto pela Paz nunca parou. Apenas teve que se adaptar”.

O que é o Labilá?

  • Espaço criado para promover a inovação, cocriação e testagem de novas ideias, o LabiLá foi lançado em maio do ano passado;
  • O foco do LabiLá é apresentar melhorias ao cidadão e qualificação dos serviços prestados pela administração pública;
  • O galpão onde ficará instalado o LabiLá é um espaço de 395 metros quadrados, com pátio aberto de 327 metros quadrados, em frente a Praça do Chafariz;
  • No imóvel, haverá espaço de oficinas, salas de reuniões, zonas criativas, estações de trabalho, banheiros, espaços multiuso e de descanso.

Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook