“A arte de ser ferreiro está no sangue”

ABRE ASPAS

“A arte de ser ferreiro está no sangue”

Natural de Encantado, Dilamar Bombardelli, 46, deixou para trás a agricultura para exercer o ofício que herdou do bisavô. O “Doca”, da Cutelaria Alma de Gato, como é conhecido, já vendeu suas facas artesanais em diversos estados e até fora do país. Agora, o local passa a integrar o roteiro turístico rural “Caminho da Felicidade”

Por

“A arte de ser ferreiro está no sangue”
Foto: Felipe Moscardini/Divulgação
Encantado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

Quando inicia a paixão pela cutelaria?
Quando era criança acompanhava o trabalho dos ferreiros, ficava observando como eles faziam. Meu bisavô era um deles, mas ninguém da família quis assumir a profissão. Quando trabalhava na agricultura eu criava as minhas próprias ferramentas, além de consertar equipamentos avícolas, mas sempre com a vontade de fazer facas. A arte de ser ferreiro está no sangue.

O que você produz atualmente?
Faço mais de 20 modelos de facas, adagas, cutelos, garfos e ferramentas. O tempo de produção é de uma a cinco horas. O valor da unidade varia entre R$ 50 a R$ 600, dependendo do modelo. Também produzo peças rústicas em madeira como bancos, mesas e tábuas de carne. Geralmente, cada peça leva até três dias para ficar pronta e a unidade custa entre R$ 30 e R$ 2 mil.

Você expõe seus trabalhos em feiras e eventos?
Inicialmente vendia os produtos para os amigos, mas aos poucos a demanda foi aumentando. Então decidi aprimorar a técnica e fazer a carteira de artesão. A primeira grande feira que participei foi em 2019, na Festa da Uva, em Caxias do Sul. Depois não parei mais. Exponho meus trabalhos em parceria com a Fetag, Sindicato e Emater. Neste mês, estarei em Candelária, Vila Maria e Belo Horizonte, em Minas Gerais. Já vendi facas artesanais para pessoas de vários estados e até fora do país.

Como foi mostrar a sua arte em um programa de TV?
A oportunidade surgiu em 2021 por indicação de uma agência de turismo aqui da região. Participei do programa Viajando pelo Brasil, no episódio 11. A experiência foi muito boa, pude mostrar o meu trabalho artesanal para pessoas de outros estados também. Certamente abriu muitas portas.

Alma de Gato integra o roteiro turístico Caminho da Felicidade?
Sim. A Cutelaria Alma de Gato fica localizada na Linha São Roque e a partir deste mês, passa a fazer parte do roteiro rural “Caminho da Felicidade”. O roteiro turístico será lançado oficialmente na quarta-feira, dia 18. Durante as visitas eu farei demonstração de como produzir as facas, o paço a paço. O local contará em breve com um acervo antigo de ferramentas da família e de outras que ganhei de amigos. Teremos também, uma loja física para a comercialização.


Acompanhe nossas redes sociais: WhatsApp Instagram / Facebook