Nossos candidatos

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Nossos candidatos

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O eleitor do Vale do Taquari conhece aos poucos os candidatos da região para a Assembleia Legislativa. Na segunda-feira, por exemplo, o ex-prefeito de Arvorezinha, José Scorsatto (PDT), realizou o lançamento da pré-candidatura nos ambientes do Estrela Palace Hotel (foto). Ontem à noite, Márcia Scherer (MDB) e Gláucia Schumacher (PP) participaram de eventos municipais com os respectivos correligionários de Lajeado. Na sexta-feira, dia 13, será a vez de Douglas Sandri (Novo) lançar de forma oficial a pré-campanha. Outros já lançaram seus nomes com mais antecedência. E muitos políticos ainda estão em dúvida sobre quem apoiar.


“Nudes” e cassação

O vereador de Muçum, Leonardo Bagnara (PSD), enfrenta um processo cassação de mandato por suposta quebra de decoro parlamentar, em virtude de possivelmente ter sido vítima do “golpe dos nudes”. As imagens vazaram nas redes sociais, e o referido processo foi instaurado em março. O vereador foi convocado a falar nessa segunda-feira, dia 9. No entanto, a defesa de Bagnara havia pedido o adiamento do ato, e agora afirma que a comissão “entendeu por bem manter a depoimento do vereador sem que fossem produzidas as provas postuladas no prazo e nos termos do Regimento Interno da Câmara de Vereadores”. Diante disso, o vereador permaneceu calado. E o caso deve se arrastar por mais algumas semanas.


  • No próximo sábado, a partir das 8h30min, e durante a 16ª Fenachim, a Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (Avat) lança a Avat Jovem. Será uma comissão formada para incentivar a participação dos jovens na política municipal. Lauro Scartezini (PDT), vereador de Nova Bréscia, e Valéria Baccon (MDB), vereadora de Ilópolis, coordenam a ação.
  • Diretor do Colégio Estadual Castelo Branco desde 2018, o professor Marcos Dal Cin pediu desligamento do cargo. Faz poucos dias, ele reclamou publicamente (nos microfones do Grupo A Hora) sobre o descaso do Estado com a infraestrutura da escola. No caso, as recorrentes goteiras em salas de aula e corredores. Pelo jeito, ele cansou de reclamar e não ser atendido. Uma pena.
  • A Câmara de Encantado enfim aprovou o projeto para criação da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento. Na mesma sessão, a Mesa Diretora retirou da pauta o projeto do Legislativo que cria um cargo de Assessor de Bancada (CC3). Mas, a votação deve ocorrer em breve. E o número de cargos propostos deve aumentar.
  • Em contato com este colunista, o vereador de Encantado e Secretário de Saúde de Nova Bréscia Marino Deves (PP) informa que está de férias do segundo cargo. Deves repassou tal informação em resposta ao tópico de ontem, referente ao curso realizado nesta semana por ele e outros dois colegas vereadores, em Porto Alegre.
  • Uma pergunta aos vereadores de Encantado: por que não divulgam (nas redes sociais ou canais oficiais do Legislativo) mais detalhes ou fotos dos “valorosos” cursos realizados em Porto Alegre, já que os respectivos momentos são 100% pagos com dinheiro do contribuinte? Ora, se tem agente público que posta até fotos de espumantes em Brasília, não custaria nada apresentar mais informações sobre os custosos passeios até a capital gaúcha.
  • Ainda sobre o tema das diárias, um atento leitor compartilhou a seguinte informação nas redes sociais do Grupo A Hora. “Na região tem prefeito que leva fotógrafo/assessor junto em viagem oficial, gastando um valor realmente desnecessário em diárias, apenas para “clicar” momentos marcantes do percurso”. É o povo de olho!