Transformação digital ou transformação mental

Opinião

Albano Mayer

Albano Mayer

Consultor executivo e articulador do Pro_Move Lajeado

Assuntos e temas do cotidiano

Transformação digital ou transformação mental

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

Estamos vivendo um momento especial nas organizações. Muito se fala da transformação digital, mas o que é isso? Por que este assunto tem sido tão falado no ambiente organizacional? E qual a relevância dele na minha empresa ou profissão?

Segundo o site da FIA (Fundação Instituto de Administração), “transformação digital é uma mudança de mentalidade que as empresas passam com o objetivo de se tornarem mais modernas e acompanharem os avanços tecnológicos que não param de surgir”.

Aqui temos o primeiro ponto a ser explorado: não estamos falando do avanço do uso da tecnologia nas nossas atividades e nas nossas vidas. Estamos tratando de transformar o nosso modelo mental – “mindset”.

Precisamos entender que o mundo digital é mais acelerado, mais dinâmico e muito mais conectado e disruptivo. Temos que revisar muitos dos nossos dogmas e reposicionar nossas tão convictas opiniões. Nunca estivemos tão perto de vivenciar a frase do filósofo Michel de Montaigne, que diz que “a verdade é relativa, não existindo uma verdade única”. A nossa convicção de hoje pode ser inovada e modificada amanhã, e temos muitos exemplos disso, como o paradigma da Uberização ou mesmo a hospedagem no Airbnb.

E como isso impacta na minha vida? De muitas formas. Temos que avaliar a nossa relação com as pessoas, aprender como viver com o modelo das redes sociais, enfrentar a família estilo propaganda de margarina do Instagram. Precisamos também repensar as nossas relações com a estrutura bancária: qual a última vez que falamos com um atendente humano ou mesmo com o gerente da nossa conta-corrente?

Temos que rever a nossa relação com o consumo, visto que o e-commerce cresceu 27% em 2021 (em relação a 2020) e já cresceu 20% em 2022, em relação a 2021. A realidade da saúde e educação também estão muito mudadas: hoje temos testes rápidos e modernos para diagnosticar diversas enfermidades, além da possibilidade de aulas ou consultas on-line.

Muitas dessas iniciativas, aceleradas devido à pandemia, fizeram com que o assunto “transformação digital” se tornasse obrigatório no ambiente corporativo. O que precisamos perceber é que o movimento é muito maior e mais complexo do que apenas nos adaptarmos às tecnologias atuais. Precisamos pensar na transformação mental! As organizações e a sociedade precisam acelerar a mudança cultural, e precisamos partir de uma sociedade analógica para uma digital, com comportamento exponencial.

Complexo? Sim. Precisamos, todavia, iniciar este movimento, para que nos tornemos uma sociedade justa e competitiva no futuro que estamos construindo.


Acompanhe nossas redes sociais: Instagram / Facebook.

Acompanhe
nossas
redes sociais