Prevenir é melhor do que remediar

Opinião

Hugo Schünemann

Hugo Schünemann

Médico oncologista e diretor técnico do Centro Regional de Oncologia (Cron)

Prevenir é melhor do que remediar

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

A frase é antiga e certamente verdadeira. Adoecer custa caro. Precisamos de exames, consultas, remédios. E ficamos sem trabalho. Se piorar, fica mais caro ainda. Mais consultas, mais exames, mais remédios. E mais dias parado sem trabalhar.

Se bobear, vai para o hospital. Há o convênio ou o SUS paga. Mas não se iluda, não é de graça. Pagamos de um jeito ou de outro. E por que? Simples. A vida é cara e os tratamentos médicos mais ainda.

E qual a saída?

No enfrentamento à covid, o governo gastou milhões de reais em exames, consultas, remédios, hospital e UTI. E o número de mortos extrapola toda e qualquer estimativa feita pelos pessimistas. É claro que ninguém podia prever a pandemia. Mas medidas preventivas podem ajudar em todas as situações. Lavar as mãos, poxa! Que coisa simples. Álcool gel, super! E as máscaras? Terminaram por reduzir a incidência de várias outras doenças transmissíveis nos últimos meses!

Mas é só isso?

Não!

À medida em que compreendemos as doenças, podemos racionalizar os exames que as identificam. Podemos desenvolver melhores tratamentos e estratégias para enfrentá-las. Mas o mais importante de tudo, podemos desenvolver formas de preveni-las!

No câncer é assim.

Os métodos de diagnóstico melhoram a cada ano. E, de certa forma, dissemina-se a tal ponto que, se não todas, a maior parte da população tem acesso a eles e seus resultados.

Hoje é comum fazer mamografia, pré-câncer (Papanicolau), PSA, tomografia e outros. Há pouco tempo atrás, isso era completamente fora da realidade.

Os tratamentos melhoraram em sua eficácia e disponibilidade a cada dia, fazendo que mais gente possa dispor deles, se tratando e se curando.

Mas o mais importante disso tudo, é compreender a doença para fazer prevenção.

Temos campanhas anuais, como Outubro Rosa e Novembro Azul, que focam na realização de exames de triagem, que são importantes para diagnóstico precoce da doença. Os exames são muito importantes, pois todos sabemos que quanto menor a lesão, isto é, quantos mais precoce for o tratamento, maior a chance de cura.

Fazer exames regulares é importante para diagnosticar doenças malignas e outras o quanto antes. O seu médico saberá solicitar o exame adequado ou encaminhar para que especialistas solicite o exame adequado.

Mas, vamos adiante!

Existe mais que se pode fazer além disso.

O centro de oncologia vem há alguns meses batendo nessa questão da prevenção. Há uma ponte que será feita com médicos e exames, mas não uma outra tão importante quanto ou mais, que são aquelas coisas que podemos fazer para evitar a doença.
Sabemos todos que fumar é prejudicial à saúde. O fumo está associado à várias doenças entre elas, como Câncer de pulmão, Câncer de cabeça e pescoço e câncer de bexiga. Então, evitar fumo é medida preventiva.

Mas há outros hábitos que podem ser avaliados. A dieta por exemplo. Sabemos que dieta melhor processada está associada a várias doenças, entre elas o câncer. Então, evitar alimentos industrializados é uma medida concreta na prevenção. Transformar a dieta do dia a dia em algo rico em vitaminas e frutas conta pontos nessa corrida de prevenção. Quanto mais colorido o prato melhor!

Dormir bem é medida de prevenção. A psicóloga do CRON, Francieli Macagnan, chegou a desenvolver um material com dicas para um melhor sono. O excesso de café e de eletrônicos em nossas vidas são prejudiciais.

O papel da atividade física regular está cada vez mais evidente como medida preventiva. Vida sedentária, associada à obesidade estão ligadas de forma cada vez mais clara, ao desenvolvimento de muitas doenças, principalmente câncer.

O sol é fundamental. Mas o horário de exposição e tempo de exposição a ele, são pontos a serem considerados com cuidado. O câncer de pele é extremamente comum, sobretudo aqui na região, onde as pessoas de pele clara são predominantes.

Assim alguns cuidados e troca de hábitos, podem nos fazer viver mais e melhor.

Viva plenamente!

Faça suas escolhas.

Viva plenamente!


Acompanhe nossas redes sociais: Instagram / Facebook.