Compromisso

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Compromisso

Por

Gustavo Adolfo 1 - Lateral vertical - Final vertical

O prefeito de Lajeado está mais distante do pleito de outubro. Marcelo Caumo (PP) tem sido pressionado a aceitar o desafio de concorrer ao cargo de deputado estadual, mas o compromisso pessoal firmado com o Assessor Parlamentar, Douglas Sandri (Novo), tende a inviabilizar tal candidatura. Nos bastidores, Caumo havia praticamente confirmado a decisão de buscar uma vaga na Assembleia. Nos últimos dias, porém, os ventos mudaram no litoral. Sandri não abre mão da candidatura (ele teve 15.907 votos em 2018). E Caumo deve mesmo apoiá-lo.

Movimento na AGIL

O Executivo da Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil), Cristiano Zanin, se reuniu com o Secretário de Inovação de Porto Alegre, Luiz Carlos Pinto, que também é o coordenador do movimento Pacto Alegre e um dos articuladores do evento South Summit na capital gaúcha. Zanin quer incluir o Por_Move Lajeado no circuito internacional previsto para ocorrer às margens do Guaíba.

Câmara e terminal de ônibus

O governo de Lajeado finaliza o projeto de lei para incorporar o imóvel da Associação dos Caixeiros Viajantes do Alto Taquari (Acvat) ao patrimônio municipal. Para isso, o Executivo vai investir R$ 5,2 milhões (R$ 1,4 milhão em dinheiro e mais o imóvel localizado na esquina da João Abott com Saldanha Marinho). A ideia é instalar a Câmara no segundo andar, e ampliar a Sthas no térreo.

Mas não é só isso. O governo municipal pretende utilizar a área externa do imóvel da Acvat (onde funciona um restaurante) para a instalação de um moderno e confortável terminal de ônibus para os usuários do serviço público e coletivo de transporte, em substituição à estrutura localizada de forma precária na quadra anterior da Av. Benjamin Constant.

Está é a segunda negociação referente à Acvat. Em abril de 2017, o imóvel foi ofertado ao então presidente da Câmara, o ex-vereador Waldir Blau (MDB). Naquele ano, o valor solicitado era de R$ 6,5 milhões, com uma entrada de R$ 500 mil e 48 parcelas de R$ 125 mil. Blau reclamou de pressão externa sobre os colegas para que a proposta fosse aceita e prontamente rejeitou o negócio.

Por mais protagonismo

O vereador de Taquari, Leandro Mariante (PT), assumiu na quarta-feira a presidência da Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (Avat). O evento ocorreu em Encantado, terra do agora ex-presidente, o vereador Diego Pretto (PP). Mariante está no terceiro mandato e já passou pelas secretarias municipais de Esporte, Lazer, Turismo, Cultura, Habitação e Assistência Social. Ele também é professor concursado. E o grande desafio é devolver ainda mais protagonismo à entidade, que hoje conta com 20 câmaras legislativas associadas.

Cicloturismo

Ciclistas da região participaram, na quinta-feira, de um encontro no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) para discutir Cicloturismo, vencedor da Consulta Populari. O evento foi organizado pela Amturvales. A associação também participa do projeto de uma ciclovia entre a cidade de Capitão e o Cristo Protetor, passando por Linha Argola. A ideia partiu do Governo de Capitão.

Tiro Curto

• A Câmara de Encantado deve realizar uma Sessão Extraordinária no dia 17 de janeiro. Entre os projetos previstos para a votação, a contrapartida para as obras de asfaltamento do acesso ao Cristo Protetor.

• O legislativo encantadense também deve apreciar a matéria que prevê a doação de uma área pública no topo do Morro das Antenas para a Associação Amigos do Cristo.

• Para avaliar. A Câmara de Encantado gasta R$ 8,8 mil mensais com as transmissões de vídeo das sessões plenárias, que ocorrem uma vez por semana. Já em Lajeado, o Legislativo gasta R$ 5,4 mil por mês para transmitir (com muito boa qualidade) as sessões semanais e, também, todas as reuniões das comissões que ocorrem às segundas-feiras.

• Ao tempo em que alguns líderes regionais buscam formas de consolidar um consenso em torno de candidatos do Vale para pleito de 2022, a grande maioria dos vereadores locais já está comprometida com políticos de outras regiões. Seja em âmbito estadual, ou federal.

• O governo estadual tem até três meses para repassar em definitivo a escritura do imóvel do DAER ao município de Lajeado. Após, o Executivo lajeadense inicia a construção da nova sede do departamento e, posteriormente, deve vender o valioso imóvel localizado no entroncamento entre as avenidas Alberto Pasqualini e Benjamin Constant.

• Até o fim da tarde de ontem, nove pacientes estavam internados com quadro de covid-19 (4 eram suspeitos) no Hospital Bruno Born. Dois estavam na UTI.

• Diretor da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), André Arnt deve retornar às funções na próxima segunda-feira. Ele foi injustamente afastado no fim do ano passado, segundo a nova avaliação divulgada pelo o conselho da empresa pública.