DML deve ganhar reforma e integrar área de Santa Cruz

nova região

DML deve ganhar reforma e integrar área de Santa Cruz

Solicitações encaminhadas semana passada serão confirmadas pela diretora do Departamento de Perícias do Interior, em visita a Lajeado prevista para hoje de manhã

Por

DML deve ganhar reforma e integrar área de Santa Cruz
Estrutura precária no bairro Florestal dificulta funcionamento do órgão. (Foto: Arquivo A Hora)
Lajeado
CRON - Novembro Azul - Lateral vertical - Final vertical

Diretora do Departamento de Perícias do Interior, Marguet Inês Mittmann estará hoje pela manhã em Lajeado. Às 11h, ela participará de uma reunião na câmara de vereadores, e deve confirmar o atendimento de duas demandas que foram levadas à Porto Alegre por uma comitiva local semana passada.

Segundo o vereador Rodrigo Conte (PSB), o Departamento Médico Legal (DML) de Lajeado será desvinculado da região metropolitana e vinculado à Coordenação de Perícias do Interior. “Essa foi uma das nossas solicitações. Trata-se muito mais de uma movimentação administrativa”, salienta. A tendência é que o município seja vinculado à região de Santa Cruz do Sul, que hoje integra a coordenadoria de Santa Maria.

Outra demanda que será confirmada por Marguet será a reforma do espaço onde são feitas as necropsias. “Ela vai passar ao município a responsabilidade da reforma. E quem deve assumir essa obra é a Alsepro (Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública). É uma situação também adiantada”, observa o parlamentar.

Mais profissionais

Já a nomeação de mais profissionais ao DML de Lajeado deve ser confirmada para março de 2022. Conforme Conte, são pleiteados dois peritos e mais um médico legista para a unidade. Hoje, há apenas um profissional, que deve tirar férias nos próximos dias.

Conte, o vereador Lorival Silveira (PP) e o presidente da Alsepro, Fabrício Schneider, foram a Porto Alegre semana passada, onde se reuniram com Marguet e com o chefe de gabinete da Casa Civil, Jonatan Brönstrup. Na ocasião, encaminharam ofício ao Instituto Geral de Perícias (IGP) com as demandas.

O DML de Lajeado é referência para 37 municípios e cerca de 350 mil habitantes. A estrutura, localizada na Travessa da Paz, no Bairro Florestal, sofre com a precariedade há anos.

Projetos aprovados

Cinco projetos de lei foram aprovados pelos vereadores na sessão de ontem. Três deles, de autoria de Mozart Lopes (PP), nomeiam ruas no bairro Conventos. Outra matéria que passou foi o título de cidadão lajeadense a Jurandir Pretto. Por fim, aprovaram a proposta que abre crédito de R$ 600 mil à Secretaria de Saúde, para requalificação dos veículos da pasta.

Já o projeto de lei complementar que cria o Regime Especial de Compensação de Horas aos servidores afastados do trabalho teve sua votação adiada, após pedido de Lopes. O parlamentar justificou que apresentará uma emenda à matéria nos próximos dias.