7 notícias: Balança comercial tem superávit de mais de US$ 1 bilhão no início de outubro

DESTAQUES DA MANHÃ

7 notícias: Balança comercial tem superávit de mais de US$ 1 bilhão no início de outubro

Confira as notícias que são destaque na manhã desta quarta-feira

Por

7 notícias: Balança comercial tem superávit de mais de US$ 1 bilhão no início de outubro
(Foto: CNA/Wenderson Araujo/Trilux)
Brasil
CRON - Lateral vertical - Final vertical

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,102 bilhão na segunda semana de outubro, segundo boletim preliminar divulgado pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério da Economia.

O valor é resultado de exportações somando US$ 6,183 bilhões e importações de US$ 5,081 bilhões. No mês, as exportações atingem US$ 7,899 bilhões e as importações, US$ 5,971 bi, com saldo positivo de US$ 1,929 bilhão.

Segundo a Secex, no ano as exportações totalizam US$ 221,25 bilhões e as importações, US$ 162,746 bilhões, com saldo positivo de US$ 58,504 bilhões.


Programa Avançar Educação será lançado nesta quinta-feira, com previsão de investir R$ 1 bilhão

Será nesta quinta-feira, véspera do Dia do Professor, o lançamento do programa Avançar Educação, do governo do Estado, que prevê investir pelo menos R$ 1 bilhão até o final de 2022. O governador Eduardo Leite e a secretária de Educação, Raquel Teixeira, farão a apresentação do programa, no Palácio Piratini.

Os recursos serão aplicados na reforma de escolas, compra de equipamentos (chromebooks, por exemplo), salas de informática e treinamento de professores. Parte do dinheiro virá do orçamento da Educação, parte das privatizações de estatais. No mesmo dia, o governo deverá enviar à Assembleia o projeto que prevê a distribuição de parte do ICMS dos municípios conforme o desempenho na educação.


Probabilidade de formação do La Niña é de 70%, aponta relatório de agrometeorologia do RS

O Rio Grande do Sul pode sofrer, nos próximos meses, os efeitos de La Niña. De acordo com os modelos de previsão do International Research Institute for Climate and Society (Iri), utilizados pelo Conselho Permanente de Agrometeorologia Aplicada do estado (Copaaergs), a probabilidade de que as condições para o fenômeno climático iniciem durante a primavera de 2021 e permaneçam até o verão 2021/2022 está acima de 70%.

O prognóstico para outubro indica redução da chuva e aumento da temperatura durante o dia, o que gera um aumento da evapotranspiração, especialmente na segunda quinzena do mês. Em novembro, o cenário deve ser semelhante, com predomínio de noites mais frias e dias mais quentes. Já para dezembro são esperados padrões de chuva e temperaturas mais próximos da média.

No Brasil, o La Niña deixa as regiões Norte e Nordeste mais chuvosas e menos frequentes no Sul.


Pandemia derrubou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

A pandemia de covid-19 afetou de forma significativa o número de consultas e cirurgias relacionadas à visão no âmbito Sistema Único de Saúde (SUS) em 2020. De acordo com dados apurados pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), a partir de registros do Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS, cerca de 3,7 milhões de consultas deixaram de ser realizadas, uma queda de 35%. No caso das cirurgias, houve uma redução de 390 mil procedimentos, redução de 27%. A comparação é em relação a 2019, ano pré-pandemia.

Sem a realização de consultas e exames para detectar problemas logo na fase inicial, milhares de pessoas foram prejudicadas.


Preço de passagens aéreas sobe 56,8% em 12 meses

A inflação generalizada pesou sobre o setor de aviação. No acumulado de 12 meses, as passagens aéreas tiveram alta de 56,81%, ficando atrás apenas de quatro itens, três deles do grupo de alimentos, além do etanol. A diferença é considerável se comparada ao índice geral da inflação acumulada de 12 meses, que ficou em 10,25%, o maior desde fevereiro de 2016.

Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


FMI reforça riscos de inflação e diminui projeção de crescimento global

O Fundo Monetário Internacional (FMI) fez uma tímida revisão para baixo de sua projeção de crescimento econômico global em seu novo relatório divulgado nesta terça-feira (12).

A expectativa é de um avanço de 5,9% no PIB global contra 6% esperados em julho passado. Para 2022 não houve alteração e o fundo continua esperando uma alta de 4,9% no ano.

O Brasil também sofreu leves reduções. Para 2021, o FMI prevê um crescimento de 5,2% no PIB brasileiro. Em 2022, a alta projetada é de 1,5%.


Ex-presidente da Braskem é condenado a 20 meses de prisão nos Estados Unidos por corrupção

O ex-presidente da Braskem José Carlos Grubisich foi condenado a 20 meses de prisão nos Estados Unidos, informou nesta terça-feira (12) o Departamento de Justiça (DoJ) americano.

Segundo a acusação, Grubisich e outros funcionários da Braskem e da Odebrecht (atualmente rebatizada de Novonor) foram responsáveis pela elaboração de um fundo secreto milionário que era usado para subornar funcionários públicos e partidos políticos do Brasil, garantindo contratos com a Petrobras.

O esquema teria ocorrido entre 2002 e 2014 e foi denunciado por delatores da Operação Lava Jato. O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef disseram aos investigadores que a Braskem pagou propina para ser beneficiada em contratos com a Petrobras.

Tanto a Braskem quanto a Odebrecht se declararam culpadas das acusações criminais ao fechar um compromisso com a Justiça norte-americana como parte do acordo.