Aberto o prazo para envio de propostas  à Consulta Popular

Demandas

Aberto o prazo para envio de propostas à Consulta Popular

Codevat lançou na manhã de ontem, 13, durante Assembleia Regional, a Consulta Popular 2021. Dos três projetos que vão compor a cédula neste ano, dois são propostos pelo Conselho e um pela comunidade por meio de aplicativo. Votação ocorre de 22 a 30 de novembro de forma on-line

Por

Aberto o prazo para envio de propostas  à Consulta Popular
Assembleia do Codevat ocorreu na manhã de segunda-feira, 13, na Univates (Foto: Bianca Mallmann)
Estado
Gustavo Adolfo 2 - Lateral vertical - Final vertical

O Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) promoveu na manhã de segunda-feira, 13, a Assembleia Regional de lançamento da Consulta Popular 2021. Com a presença de representantes do Estado, o processo foi apresentado a líderes políticos e de entidades da região.

Neste ano, a cédula de votação do Vale será composta por três projetos. Somente o mais votado será contemplado. O resultado será conhecido no dia 2 de dezembro. O valor destinado para a região é de R$ 942,8 mil.

Destes projetos, dois são sugeridos pelo Codevat. Eles começam a ser discutidos na próxima assembleia regional virtual, que ocorre em 4 de novembro, às 16h.

A terceira proposta será escolhida por meio de aplicativo, no qual todas as pessoas podem apresentar sugestões.

Participação popular

A novidade deste ano no processo é o aplicativo Colab. Pela primeira vez a população poderá encaminhar ideias para o desenvolvimento da sua região. O envio das propostas é feito 100% digital.

“Engajar as pessoas, essa é a grande característica. E agora essa discussão começa pelas sugestões. O cidadão participa e passa a defender sua proposta, mobilizando amigos e familiares a também se cadastrarem e interagirem para eleger a mesma”, diz Luciano Moresco, presidente do Codevat.

As sugestões são encaminhadas em formato de postagem, como ocorre em uma rede social. A pessoa tem o limite de 120 caracteres para escrever a proposta, podendo também utilizar uma foto para ilustrar.

As propostas devem ser encaminhadas até o dia 12 de outubro via aplicativo e precisam ter caráter regional. Por isso, o governo do Estado e o Codevat irão analisar a viabilidade de cada uma das ideias recebidas. Depois desta validação, os projetos serão inseridos na plataforma.

A ideia é que as pessoas acessem e também interajam com a proposta que avaliarem ser a mais relevante. É possível também adicionar sugestões de alterações e melhorias nos projetos. Aquela que receber mais interação no aplicativo, desde que com caráter regional, será a proposta que vai compor a cédula do Codevat.