7 notícias: RS antecipa prazo e projeta vacinação de toda a população adulta com uma dose em agosto

DESTAQUES DA MANHÃ

7 notícias: RS antecipa prazo e projeta vacinação de toda a população adulta com uma dose em agosto

Confira as notícias que são destaque na manhã desta quinta-feira

Por

7 notícias: RS antecipa prazo e projeta vacinação de toda a população adulta com uma dose em agosto
Foto: Divulgação
Brasil
CRON - Campanha Institucional - Lateral vertical - Final vertical

O governador Eduardo Leite anunciou a antecipação da aplicação de primeira dose de vacinas contra a covid-19 a toda a população do RS com 18 anos ou mais para 30 de agosto. A previsão anterior era estimada para 7 de setembro. A nova projeção foi possível a partir de estudos técnicos realizados pela Secretaria da Saúde (SES), com validação da estimativa efetuada em reunião do Gabinete de Crise na tarde desta quarta-feira.

Como o governo do Estado espera receber do Ministério da Saúde 1,7 milhão de doses dos imunizantes da Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac para primeira e segunda aplicações, esse quantitativo é considerado suficiente para garantir a antecipação.

Consulta pública para concessão de rodovias recebe mais de 1,4 mil contribuições no RS

O período de consulta pública para a concessão de 1.131 quilômetros de rodovias estaduais à iniciativa privada, promovido pelo governo do Rio Grande do Sul, encerrou no dia 31 de julho com o recebimento de 1.446 contribuições por parte da população. Ao todo, foram 878 encaminhadas via site da consulta ou audiências públicas, 494 solicitações de prefeituras e 74 por meio de ofícios e manifestações.

Agora, o governo do Estado responderá a todas as contribuições ao longo do mês de agosto. A próxima etapa será a revisão da minuta do edital, em parceria com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Governador alinha com o ministro da Infraestrutura projetos prioritários para o RS

Em Brasília nesta quarta-feira, o governador Eduardo Leite se reuniu com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Na pauta, a discussão de projetos prioritários para o Rio Grande do Sul, como investimentos federais e obras prioritárias em diversas frentes de infraestrutura, rodoviária, ferroviária e aeroportuária, fazendo um ponto de controle e status dos projetos que mais interessam ao Estado.

Bolsonaro veta projeto de suspensão de despejo por aluguel atrasado

O presidente Jair Bolsonaro vetou hoje o projeto de lei previa suspender até o fim do ano ações de despejo em virtude do não pagamento de aluguel de imóveis comerciais e residenciais de baixo valor. Segundo o Palácio do Planalto, o projeto aprovado no Congresso Nacional “contraria o interesse público”. O entendimento da assessoria técnica do presidente, que embasou a decisão, é a que a medida estimula práticas de má-fé de ocupantes irregulares de imóveis.

O veto presidencial vai agora ser analisado pelo Congresso Nacional.

Petrobras reverte prejuízo e fecha com lucro de R$ 42,85 bilhões no 2º trimestre

Com o consumo de combustíveis subindo, a Petrobras reverteu o prejuízo do segundo trimestre de 2020 e registrou lucro de R$ 42,85 bilhões, no período de abril a junho deste ano. A valorização do petróleo também ajudou a empresa. O barril da commodity do tipo brent, negociado na Europa e usado como referência pela estatal, ultrapassou o patamar de US$ 70. Além disso, a companhia contou com a ajuda da valorização do real frente ao dólar para reduzir o endividamento, já que a maior parte dos seus compromissos é atrelada à moeda americana e a sua receita é pautada pelo real.

O resultado do segundo trimestre, divulgado nesta quarta-feira, 04, veio acima do esperado pelo mercado.

Copom eleva juros básicos da economia para 5,25% ao ano

Em meio ao aumento da inflação de alimentos, combustíveis e energia, o Banco Central apertou ainda mais o cinto na política monetária. Por unanimidade, o Copom (Comitê de Política Monetária) elevou a taxa Selic, juros básicos da economia, de 4,25% para 5,25% ao ano. A decisão era esperada pelos analistas financeiros.

Após revisão, 110 mil mulheres chefes de família vão receber auxílio emergencial

Após revisão de cadastros, mais 110 mil mulheres chefes de família vão receber o auxílio emergencial 2021. Nesta sexta-feira, 06, as mães vão receber as parcelas de R$ 375 a que têm direito em uma única transferência nas contas sociais digitais. Para as mulheres que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos serão realizados dentro do calendário regular do programa.

Uma nova análise de dados confirmou a elegibilidade ao benefício a partir das informações mais recentes disponíveis nas bases governamentais.

O beneficiário pode ser consultado no site auxilio.caixa.gov.br.