WAZE em Lajeado

Opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

WAZE em Lajeado

Por

Vale do Taquari
CRON - Campanha Institucional - Lateral vertical - Final vertical

O fim de semana foi de interação entre a equipe do app Waze e os servidores do Departamento de Trânsito de Lajeado. O “intercâmbio” de ideiais realizado nos ambientes do Vibee Unimed faz parte da parceria entre a empresa responsável pelo aplicativo e o Laboratório de Inovação Governamental e Social de Lajeado (LabiLá), que será formalizada em agosto, durante o CRIE Smart Cities. A adesão ao programa “Waze for Cities” promete agilizar o atendimento às ocorrências e demais demandas do trânsito, entre outras inovações já aplicadas em outras cidades brasileiras.

Pedágios no RS

A Federação das Empresas de Logística e de Transporte de Cargas no Rio Grande do Sul (Fetransul) não está satisfeita com o modelo de concessão de rodovias apresentado pelo Governo do Estado. E são diversos os questionamentos. A entidade questiona se foi elaborado um estudo técnico do custo/benefício para adotar o sistema de livre passagem, o famigerado free flow. Aliás, o debate sobre a aplicação deste inovador modelo de pedágio é pauta constante no Vale do Taquari.

Pedágios no RS

A Fetransul também sustenta que os investimentos são tímidos, “com ampliações de trechos que em média não ultrapassam 5Km por período”. Ainda de acordo com nota assinada pela entidade, “um ligeiro levantamento de custos demonstra que a capacidade arrecadatória prevista da concessionária propicia investimentos muito maiores que aqueles dispostos no material de consulta publicado”. Ou seja, quem paga uma conta salgada não está satisfeito com o retorno prometido.

Pedágios no RS

Outro ponto questionado pela entidade é a outorga. Para os representantes do setor logístico, “a outorga é ônus tarifário, não está clara a finalidade, e o custo será suportado pelo cidadão”. É o mesmo posicionamento dos líderes locais do Vale do Taquari. Ainda de acordo com a federação, a outorga encarece em pelo menos 25% a tarifa inicial, e será paga com custo de capital projetado a 30 anos. “Compromete a modicidade da tarifa e onera o cidadão”, resume a nota.

Pedágios no RS IV

Genericamente, informa a Fetransul, “pode-se admitir que uma tarifa entre 0,08 e 0,10 por km, diante dos investimentos a serem aportados, oferece uma relação custo x benefício apropriada”. Por fim, a entidade questiona a ausência da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) no debate e relembra que o contrato entre o Estado e a EGR “não permite a terceirização da integralidade dos serviços contratados ou rescisão imotivada”, e tampouco permite “a parceria público-privada”.

CRIE com público

A presença do público durante o evento CRIE Smart Cities, programado para ocorrer entre 23 e 27 de agosto, já é tratada como uma certeza entre agentes públicos. O espaço do Teatro da Univates permite 1.160 pessoas sentadas. Entretanto, a ideia inicial é autorizar até 50% desta capacidade. Se confirmado o movimento, será um marco para a principal cidade do Vale do Taquari, que ainda não reestabeleceu a pleno a realização de eventos presenciais. O otimismo também é verificado junto aos organizadores. E tudo ainda é tratado com muita cautela, claro.

Um novo “acordão”?

O prefeito de Estrela, Elmar Schneider (PTB), cogita levar um “oponente” para a administração municipal. Candidato a prefeito em 2020, Comandante César (MDB) é cotado para assumir a Secretaria de Administração no lugar de Roberto Arenhart. Durante o fim de semana, o tema foi debatido entre líderes locais e a possibilidade de ver o MDB entrar de vez no governo gerou forte reação entre alas da Situação. Faz poucos dias, Schneider se reuniu com o PL. A impressão é de que o prefeito busca o caminho do antecessor, Carlos Rafael Mallmann (MDB), que agregou para evitar opositores.

AGIL

A assembleia de fundação e instalação da Agência de Inovação e Desenvolvimento Local (Agil) está confirmada para o dia 9 de agosto, a partir das 18h30min, com transmissão pelo canal do Pro_Move Lajeado no Facebook. Em breve, e por meio de um concurso, a Agil receberá logomarca própria.