Mais subsídios?

opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Mais subsídios?

Por

Vale do Taquari
Tudo na Hora 2 - Lateral vertical - Final vertical

A empresa Expresso Azul, responsável pelo transporte público coletivo em Lajeado, encaminhou ofício à Câmara de Vereadores. É uma resposta a uma série de questionamentos. Entre esses, as reclamações referentes ao Bairro Floresta, para que as rotas feitas pela empresa anterior sejam retomadas. Também há pedidos pela inserção de horários de ônibus nos bairros Santo Antônio, Morro 25, Nações e Jardim do Cedro, nos horários das 6h30min às 8h, 11h às 13h e das 17h às 19h.

No ofício, a concessionária contratada por meio de processo licitatório em 2020 informa que tais pedidos já foram encaminhados ao Departamento de Trânsito do Lajeado para estudo de viabilidade ou, em caso de “determinação de execução em caráter experimental e provisório, seja garantido o custeio do mesmo pelo Município de Lajeado, de modo a não agravar a situação de desequilíbrio da operação”. Ou seja, as novas rotas serão possíveis apenas mediante novos subsídios.

Arroio do Meio – Colinas

E o debate sobre a ponte entre Arroio do Meio e Colinas? Esmoreceu? A proposta ganhou força após o acidente na ponte sobre o Arroio Boa Vista, na BR-386. Entretanto, e assim como outros debates envolvendo as cidades de Estrela, Lajeado e Cruzeiro do Sul, a ideia perde força a cada dia.

Ato contra Bolsonaro

A esquerda está saindo das redes sociais e reocupando as ruas. E o próximo “Dia Nacional de Mobilização por Fora Bolsonaro” será neste sábado. Em Lajeado, diversos grupos planejam o protesto junto ao Parque dos Dick. Na pauta dos manifestantes, cobrança por vacinas, auxílio emergencial de R$ 600 e, claro, o tradicional “Fora Bolsonaro”. Além dos lajeadenses, militantes e opositores ao atual governo federal devem chegar de cidades vizinhas, como Bom Retiro do Sul, Estrela e Venâncio Aires. Gostem ou não, isso faz parte da Democracia.

Invasões

Ex-Secretário do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Lajeado (Sthas), o vereador Lorival Silveira (PP) assina um requerimento direcionado à atual Secretária da Sthas, Céci Maria Gerlach. Ele sugere um “projeto de regularização dos lotes clandestinos” localizados em áreas que pertencem ao município. Segundo ele, houve um aumento considerável no número de invasões.

“Revogaço”

O projeto de lei que prevê um “revogaço” em Lajeado foi protocolado na Câmara de Vereadores. A matéria é fruto do trabalho realizado pela Comissão Especial de Revisão Legal e Desburocratização, que em 90 dias estudou 53 leis municipais. Entre todas as matérias avaliadas, 45 foram indicadas à revogação, uma foi indicada para a manutenção da vigência e outra para ser compilada com leis análogas. Entre as legislações citadas, a mais antiga é de 1965. E a mais recente é de 2016.

Luto em Taquari

Internada há mais de uma semana para tratamento de uma pneumonia bacteriana, a pastora e ex-vereadora Mara Regina Barcelos Rodrigues (candidata a vice-prefeita em 2020, pelo PSDB) morreu na tarde de ontem. Ela tinha 50 anos e estava na UTI do Hospital Bruno Born, em Lajeado.

Isenções na Rota Inovação

A lei que instituiu como política pública o “Pro_Move Lajeado” e a “Rota da Inovação” foi sancionada em janeiro de 2020. Hoje, após um ano e meio, o movimento avançou. Mas a legislação ainda parece subaproveitada. Em especial, o artigo 9, que cita os benefícios fiscais concedidos às empresas que se instalarem no entorno das ruas Bento Rosa e Osvaldo Aranha. Além da isenção do IPTU pelo prazo de 60 meses, e limitado a R$ 5 mil, o Executivo propõe isenção do ITBI referente à aquisição de imóvel destinado à empresa. Mas as isenções ainda não chamam tanta atenção…

a.C. e d.C.

O prefeito Jonas Calvi (PTB) está à frente do município de Encantado em um momento singular da história. A principal cidade da região alta do Vale do Taquari é a “bola da vez” no turismo estadual e, quiçá, nacional. Todos os olhos estão voltados ao Cristo Protetor, erguido no topo do Morro das Antenas. E o gestor trata o desafio com muito equilíbrio, ao ouvir e dar voz aos mais diferentes grupos e interesses, e também com muito bom humor. Em entrevista ao programa Frente e Verso, ontem, Calvi foi profético. “Existe uma cidade de Encantado Antes de Cristo (a.C.) e uma Depois de Cristo (d.C.).” De fato, é um verdadeiro milagre o que vem ocorrendo na região!