Envelhecer

opinião

Hugo Schünemann

Hugo Schünemann

Médico oncologista e diretor técnico do Centro Regional de Oncologia (Cron)

Envelhecer

Por

Lajeado
Tudo na Hora - Lateral vertical - Final vertical

O velho é um jovem que deu certo. É o que todos querem, viver muito, viver bem. Mas isso tem um preço. Preço pago pelos velhos, preço pago por todos.
O mundo está envelhecendo. As pessoas vivem mais, controlam-se melhor as doenças e condições de vida que podem atrapalhar o processo.

Mas, a OMS decidiu incluir a velhice, no CID 10, o Código Internacional de Doenças. A polêmica se criou (aliás, nos últimos tempos nem precisamos muito para criar polêmica!…)

Os autores da proposta dizem que foi mal entendido.

Eu acho um desaforo. Afinal o código é de doenças, serve para caracterizar internacionalmente as doenças de forma que seja compreendido por todos os países. Mas dizem que ser velho é doença, isso com certeza é um equívoco e trará milhares de implicações.

Envelhecer é o sentido da vida. Lutemos todos por isso. Envelhecer bem, com saúde, com vigor.

A infância é só uma lembrança. A juventude , um desejo perdido no tempo, em que se tentou fazer tudo e de tudo. Vem a vida adulta, suas responsabilidades, seus problemas e quando nos demos conta, a melhor idade ( de onde tiraram isso?) bate à porta. Fazer o quê?
Não brigue com o tempo, faça um acordo com ele.

Tentar aproveitar ao máximo e da melhor forma, o que cada fase da vida nos oferece. Mas não dá pra aceitar que a velhice seja doença, como querem alguns na Organização Mundial da Saúde. E a discussão reforça preconceito e a falsa ideia de que podemos e devemos ser jovens para sempre.

É claro que a idade traz alguns percalços. Mas a infância também traz. É claro que a velhice demanda custos. Mas a infância também o faz.
Afinal, para que vivemos?

Sim, sim. Vivemos para crescer, aprender, nos desenvolver e… ficar velhos.
Muito antes de pensar num idoso como problema, deveríamos vê-lo como alguém que ainda pode contribuir com a sociedade. Ou simplesmente como alguém que tem o direito de estar onde está, pois contribuiu para isso.

Viver bem.

Viver muito.

Viver Plenamente.