Luto no Vale

opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Luto no Vale

Por

Vale do Taquari
Tudo na Hora - Lateral vertical - Final vertical

O Vale do Taquari perdeu um líder comunitário. João Roberto Frielink (MDB) morreu na tarde dessa segunda-feira, aos 61 anos. É mais uma vítima da covid-19. Em 2020, ele foi candidato pela segunda vez a prefeito de Colinas, e foi derrotado por seis votos pelo atual gestor, Sandro Hermann (PP). Ele também tentou a prefeitura em 1992, mas foi derrotado pelo candidato Ary Hermann (pai do atual prefeito Sandro). Natural de Roca Sales, também foi vereador constituinte em Estrela na década de 90 e também participou do movimento emancipacionista de Colinas, em 1992. Frielink ainda atuou como representante comercial da empresa Tramontina durante 25 anos.

Defesa Civil Regional

Nesta quarta-feira, 16 chefes de Defesa Civil de diferentes cidades participam do primeiro encontro para definição de uma unidade micro-regional da Defesa Civil, cuja sede ficará em Lajeado. A reunião ocorre no Salão de Eventos da prefeitura lajeadense, às 16h. Entre as pautas, melhorias no sistema de monitoramento de enchentes, com investimento e planejamento com novas réguas, pluviométricos, protocolos e sistemas de ajuda mútua.

Banrisul, Corsan e Procergs

A Assembleia gaúcha vota hoje o 2º turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que autoriza a venda do Banrisul, da Corsan e Procergs. No 1º turno, a PEC que retira da Constituição Estadual a obrigatoriedade de consulta plebiscitária para a venda foi aprovada por 33 votos a 18.

E o vento levou…

A Estátua da Liberdade de uma unidade das Lojas Havan, em Capão da Canoa, foi derrubada em função dos fortes ventos gerados a partir de um ciclone extratropical que atinge Argentina, Uruguai e o nosso Rio Grande do Sul. O fato foi registrado nessa segunda-feira e, segundo o Corpo de Bombeiros e as demais autoridades, não houve registro de mortos ou feridos. As forças de segurança descartam qualquer hipótese de atentado contra o principal símbolo das lojas de Luciano Hang, o empresário que vem se destacando como um dos ícones contemporâneos da Direita nacional. Aliás, a mesma estátua será erguida em Lajeado, às margens da BR-386.

Novas lixeiras

Em Lajeado, o governo municipal tenta finalizar um processo licitatório para Registro de Preços para a compra de 400 novas lixeiras. Inicialmente, o edital previa um custo total de R$ 347 mil para a aquisição dos itens. Entretanto, o processo foi cancelado por iniciativa do pregoeiro. Na justificativa, o servidor avisa que foi solicitado um orçamento por Planilha Global, e a Secretaria de Meio Ambiente informou que “não sabe o porquê este não está no processo”. O pregoeiro solicita revisão dos valores de referência, que estariam “defasados em relação aos valores de mercado”. A concorrência pública foi reagendada para o dia oito de junho.

Necessário!

Em Lajeado, um requerimento assinado pelos vereadores Paula Thomas (PSDB), Ana da Apama (MDB), Ederson Spohr (MDB), Mozart Lopes (PP), Jones Vavá (MDB), Sergio Kniphoff (PT), Adriano Rosa (PSB), Isidoro Fornari (PP) e Deolí Gräff (PP) sugere instalação de “ao menos um brinquedo adaptado para crianças com deficiência ou mobilidade reduzida em cada área pública de lazer”.

E a CPI?

Por ora, a CPI da Covid não passa de um ignóbil teatro. Basta estar livre da bolha cultivada diariamente pela “extrema-imprensa” (que sempre noticia os fatos com julgamento e tudo) para perceber essa obviedade. Senadores corruptos debatendo compra de vacinas e tratamento precoce é uma piada sem escrúpulos. É patético. É um derradeiro e verdadeiro desperdício de tempo e dinheiro. Os eleitores, com seus altos impostos, mereciam mais do parlamento nacional. Uma pena!

Contas aprovadas!

Ontem, o ex-prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup (PSDB), recebeu ofício do vereador Cleudori Paniz (PSD). O encontro ocorreu na sede do legislativo teutoniense. E o conteúdo é a aprovação das contas do exercício de 2019. “Recebi oficialmente o comunicado do Legislativo referente à aprovação das minhas contas de 2019, sem ressalvas. Eu fui atacado por todos os lados. Mas a verdade prevalece”, desabafou o ex-chefe do Executivo.