Responsabilidade

opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Responsabilidade

Por

Vale do Taquari
Tudo na Hora 2 - Lateral vertical - Final vertical

A notícia de que os prefeitos teriam ainda mais autonomia para decidir sobre as regras de distanciamento social gerou controvérsias. A preocupação com um possível excesso de tolerância por parte dos gestores municipais ainda permeia muitas comunidades. No Vale do Taquari, porém, a maioria dos prefeitos demonstra equilíbrio. Sob a batuta da Amvat, e amparados por diversos atores ligados às áreas da saúde e da economia, os nossos chefes de executivos estão muito bem informados para avalizarem suas respectivas ações. Eles sabem, por exemplo, que o risco de uma nova onda é iminente.

Esta nova onda, segundo especialistas, tende a ser menos potente se comparada ao trágico mês de março. Mas sempre é um risco. Mesmo com o avanço significativo da vacina nos mais diversos grupos prioritários, inclusive com a concretização da segunda dose para mais de 40 mil moradores do Vale do Taquari, o risco dessa maldita pandemia ainda é uma dura realidade em nossa comunidade. E os gestores municipais estão cientes disso. Basta analisar os decretos e decisões anunciadas para as próximas duas semanas. Em Lajeado, a mais populosa cidade da região, o prefeito reforçou as restrições sobre bares e restaurantes. E manteve as casas noturnas fechadas.

Certos ou errados, os gestores parecem cientes de suas responsabilidades. Resta saber o que vai ocorrer a partir de junho…

Lixo Zero

Após aprovação na Câmara de Vereadores, o governo municipal instituiu a Semana Municipal Lixo Zero, a ser comemorada anualmente na última semana do mês de outubro. O objetivo é proporcionar ambientes para discussão e conscientização sobre a temática dos resíduos sólidos no município, envolvendo a sociedade civil organizada, Poder Público, ONG’s, iniciativa privada e população em geral. Além disso, a proposta visa fomentar a economia solidária e a inclusão social; propor soluções para a redução, reutilização, reciclagem, compostagem e não geração de resíduos sólidos; e promover ações educativas e de conscientização sobre a temática.

Abordagem social

O governo de Lajeado abriu concorrência pública para contratar “empresa para prestação de serviços especializados em abordagem social, junto à Secretaria do Desenvolvimento Social, no atendimento de pessoas em situação de rua, em decorrência da pandemia da covid-19″.

O Taquaryense

Uma errata: na edição de ontem, escrevi que o jornal Nova Geração, que passa a integrar o Grupo A Hora de comunicação, era o mais antigo jornal em circulação no Vale do Taquari. A bem da verdade, e isso é uma grande notícia, o jornal O Taquaryense, fundado em 1887, ainda é distribuído para um seleto grupo de assinantes. E é necessário deixar isso registrado!

Oito municípios sem óbitos

Entre os 497 municípios gaúchos, apenas oito não registram óbitos por coronavírus no Rio Grande do Sul: Vanini, Guabiju, Benjamin Constant do Sul, Campestre da Serra, André da Rocha, Novo Tiradentes, Pedras Alta e União da Serra. No Vale do Taquari, duas cidades deixaram essa lista faz pouco tempo. Dois Lajeados e Poço das Antas registram, hoje, um óbito cada.

Atenção, vereadores!

O governo de Lajeado convoca a população e os demais interessados para, no dia 31 de maio de 2021, às 17 horas, acompanhar a Audiência Pública para a demonstração e avaliação do cumprimento das metas fiscais, referente ao 1° Quadrimestre de 2021. O evento será online. E é uma boa oportunidade para sanar algumas dúvidas por parte dos vereadores.

Cidadão lajeadense

Nascido em Teutônia, o atual Diretor Administrativo do Hospital Bruno Born (HBB), Cristiano Dickel, será agraciado com o Título de Cidadão Lajeadense. A distinção, aprovada na Câmara de Vereadores faz algumas semanas, foi sancionada nesta semana pelo prefeito municipal. A homenagem decorre da pior crise sanitária da nossa geração. O diretor do HBB tem se destacado como um dos líderes na busca pelo equilíbrio. Sua luta é para salvar vidas, e também para manter viva a instituição. É um título merecido!

Futuro na Polar

Ontem, durante a inauguração do Memorial de Estrela, aproveitei para fazer um “tour” pelo emaranhado de prédios, salas e galpões do histórico prédio da Cervejaria Polar. O nobre espaço tem potencial para se tornar um hub de inovação, gastronomia, lazer, cultura e negócios. Às margens do Rio Taquari, o local pode se tornar autossustentável. Não faltam ideias para monetizar a edificação. Mas ainda faltam ações. E a primeira ação a ser tomada é a revogação da lei que doou o prédio ao Estado, com o intuito de demolir a estrutura para a posterior construção do novo Fórum da Comarca. E eu tenho a convicção de que o atual prefeito também pensa desta forma.

Fiação elétrica

Em Encantado, a presidente do Legislativo Andresa de Souza (MDB) reuniu-se com empresários que atuam no Bairro Lajeadinho e Parque Perolin. Eles se queixam da recorrência de furtos da fiação elétrica das empresas instaladas naquela região da cidade, e cobram a instalação de câmeras de videomonitoramento, com dispositivos aptos para identificar, também, a placa dos veículos utilizados durante os crimes.