Selo de SEGURANÇA

opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Selo de SEGURANÇA

Por

Lajeado
Imec - Lateral vertical - Final vertical

O Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável. Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur e atender a uma série de critérios. Em Lajeado, a balsa Marinita já recebeu a nobre distinção.


A carta de Kniphoff

O único vereador do PT na principal cidade do Vale do Taquari resolveu assumir o protagonismo. E saiu-se bem. Nesta semana, Sérgio Kniphoff foi aos microfones cobrar ações mais efetivas de combate à pandemia. Ele foi duro e, ao mesmo tempo, reconheceu as boas ações do atual prefeito e “adversário” político. Para muitos analistas, claro, foi o primeiro ato do pediatra na corrida pela prefeitura de Lajeado em 2024.


Barracão Industrial

Em Teutônia, o governo municipal abriu concorrência para a concessão de uso não remunerado do Barracão Industrial de 762,97m², localizado na Avenida 1 Leste, no Bairro Centro Administrativo. O edital é direcionado às empresas do ramo industrial que ofertem no mínimo cinco novos empregos. O contrato será de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses.


Os prefeitos de Arroio do Meio, Danilo Bruxel (PP), de Colinas, Sandro Hermann (PP), e também os gestores de Cruzeiro do Sul, João Dullius (MDB), e de Estrela, o vice-prefeito João Schäfer (PSD), foram provocados. E demonstraram vontade. A região carece de um moderno anel logístico e o empreendimento passa necessariamente por novas pontes entre os municípios. Lajeado, claro, também precisa entrar nessa “briga” e lutar por novas interligações sobre o Rio Taquari.


NOVA PONTE II

A perspectiva de ampliar para três pistas a atual travessia entre Lajeado e Estrela (em ambos os sentidos) pode frear o ímpeto de alguns agentes interessados na obra. As melhorias previstas no contrato firmado com a CCR Viasul trazem alento para a região e travam, por ora, a urgência de uma nova travessia entre as duas cidades. Mas isso não impede que os demais municípios persistam com suas respectivas lutas. Inclusive, reforço, com o apoio irrestrito dos lajeadenses.


NOVA PONTE III

Voltando ao trecho concedido da BR-386 entre Lajeado e Estrela, uma das possibilidades já ventiladas entre líderes regionais para garantir (mais adiante) uma nova ponte sobre o Rio Taquari é o prolongamento do contrato da CCR Viasul. A concessionária assinou por 30 anos. A proposta seria ampliar o acordo em mais uma década e, como contrapartida, cobrar novas obras de arte para o anel viário da região. Entre essas, a nossa sonhada ponte.


Home Office

A Câmara Municipal de Vereadores de Lajeado decidiu prorrogar até o dia 26 de março a suspensão das atividades presenciais em razão da pandemia do coronavírus. O novo ato da Mesa Diretora foi assinado na manhã dessa sexta-feira. O documento destaca, ainda, que ficará mantida a sessão ordinária no dia e horário regimental, sem a presença física dos vereadores, ocorrendo de maneira virtual.


Ciclistas em risco!

O risco já era grande para os ciclistas. E ficou ainda pior com o considerável aumento do fluxo de veículos na ERS-129, no trecho que compreende as cidades de Estrela, Colinas e Imigrante. O desvio forçado pelo trágico acidente sobre a ponte do Arroio Boa Vista, na BR-386, mudou a rotina dessas cidades e também precisa mudar a rotina de quem utilizava a via para o esporte. Definitivamente, e infelizmente, não é momento para pedalar por lazer naquele trecho.


Ah, as promessas…

O governador Eduardo Leite (PSDB) garantiu, em 2018, durante a campanha, que não privatizaria a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Nesta semana, o gestor tucano anunciou a privatização da Corsan. Em outubro de 2016, o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (PP), garantiu que não concorreria à reeleição no pleito de 2020. No ano passado, Marcelo Caumo concorreu à reeleição. Eles podem mudar de ideia no meio do caminho? Claro que podem. E daí, né?