Idosos, CUIDEM DOS JOVENS!

opinião

Rodrigo Martini

Rodrigo Martini

Jornalista

Coluna aborda os bastidores da política regional e discussão de temas polêmicos

Idosos, CUIDEM DOS JOVENS!

Por

Vale do Taquari
CRON Previne - Lateral vertical - Final vertical

A maioria dos jovens não está preocupada com a covid-19. Eles já não estavam tão melindrados assim em março de 2020. Quiçá, agora, um ano depois de tantas informações, normativas e restrições. E os jovens odeiam restrições. Será uma tarefa difícil convencer nossos jovens de que as festas e encontros aos finais de semana estão entre as piores e mais egoístas atitudes a serem tomadas em meio a uma pandemia mundial. Portanto, os idosos, aqueles que fazem parte do grupo de risco e que serão as grandes vítimas da pueril irresponsabilidade, precisam alertar seus filhos e netos sobre uma verdade preocupante: o temido vírus também está derrubando os mais novos.

Nesta semana, o Hospital Bruno Born (HBB) registra, entre as dezenas de pacientes vítimas da covid-19, ao menos três jovens internados sem comorbidades. Todos foram entubados. Todos com menos de 30 anos. Homem e mulheres. Em âmbito estadual, o aumento nas internações de pessoas desta faixa etária também é uma dura realidade. É grave, “galerinha”. O negócio é sério. O novo coronavírus se multiplica com uma velocidade assustadora e está, sim, acometendo, derrubando, entubando e matando os mais jovens. E alguém precisa aconselhar essa geração. Uma tarefa, claro, que precisa da persuasão dos mais idosos, as principais vítimas dessa interminável pandemia.


Luz para Ney

Neste momento, a ida aos parques segue restrita, eu sei. Mas nem por isso devemos deixar de lado as necessárias melhorias. Em Lajeado, a vereadora Paula Thomas (PSDB) encaminhou requerimento pedindo informações sobre a iluminação pública no parque que leva o nome do nosso saudoso e brilhante Ney Santos Arruda. Trata-se da mais nova área de lazer junto à orla do Rio Taquari. De acordo com a parlamentar, “o local está bonito, agradável para caminhadas e já é bastante utilizado pela população, mas a escuridão está trazendo riscos à segurança da população”.


SEM AULAS

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, negou recurso do governo do Rio Grande do Sul para a liberação da volta às aulas no Estado. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS) havia entrado com o pedido após primeira e segunda instância terem negado a retomada, por conta da pandemia da Covid-19.


Entre os melhores

A semana foi conturbada no Hospital Bruno Born (HBB). E justamente no pior momento, os heróis que lá atuam foram diretamente homenageados de forma inesperada. Nesta semana, a revista semanal Newsweek, a segunda maior dos Estados Unidos, publicou uma pesquisa global realiza com a Statista Inc. que aponta os melhores hospitais do mundo. O nosso HBB aparece na 1ª colocação nacional entre casas de saúde instaladas em municípios com menos de 100 mil habitantes. No geral, aparece na 12ª posição no RS e em 95º lugar no Brasil. É um orgulho para o Vale do Taquari!


Compra de vacinas

O avanço assustador da covid-19 aumenta a corrida pelas vacinas. E a velocidade apresentada pelo Ministério da Saúde não agrada aos gestores estaduais e municipais, e tampouco a sociedade em geral. Culpa ou não do governo federal, o fato leva a medidas mais urgentes. Em âmbito federal, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) lidera um consórcio público para aquisição dos imunizantes. Lajeado, que já havia demonstrado interesse formal de integrar um consórcio idealizado na Região Metropolitana, integra o grupo. Assim como a vizinha, Teutônia.


Compra de vacinas II

A ideia do consórcio nacional é dar suporte aos municípios caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do governo federal, não consiga suprir a demanda nacional. Mas o consórcio busca, também, pressionar a União. Nos bastidores, os próprios prefeitos não acreditam na compra por parte das prefeituras. A conclusão é: o Ministério da Saúde, de forma indireta, vai impedir a compra pelos demais entes. E quando a corda apertar no pescoço, a União vai de forma mais efetiva às compras. Resta saber o tamanho dessa corda.


Atitude

Diante da possibilidade cada vez mais real de um lockdown regional, as entidades empresariais foram “intimadas”. E elas responderam. Em Lajeado, a ACIL lançou nota em conjunto com CDL e Sindilojas. O recado foi claro. “Não está nas empresas a causa primária da propagação do vírus. Pelo contrário, as empresas abertas salvam vidas e famílias. Todo o trabalho é essencial à vida”. A mesma associação lança uma campanha de incentivo à vacinação. São as duas receitas para efetivamente findar a crise: vacina e trabalho.


Transparência

O prefeito de Estrela, Elmar Schneider (PTB), vetou o projeto de autoria do vereador Humberto Canigia Rerig (Republicanos), aprovado em plenário, e que previa a criação de um mecanismo para acompanhar o agendamento de exames por meio do SUS. O gestor argumenta que ainda falta organizar e informatizar as informações. Ele promete retomar o debate nos próximos meses.