Grupo de voluntárias planta orquídeas em praças de Lajeado

Atividade voluntária

Grupo de voluntárias planta orquídeas em praças de Lajeado

Ação de embelezamento de locais públicos iniciou em 2019, junto ao projeto Arte na Cidade

Por

Atualizado domingo,
24 de Janeiro de 2021 às 11:30

Grupo de voluntárias planta orquídeas em praças de Lajeado
Voluntárias Tania, Marlene, Carla Rosângela, Carmen e Solange se reuniram na manhã de hoje para a ação. Créditos: Laura Mallmann
Lajeado

O grupo de voluntárias Amigas do CTC se reuniu na manhã deste sábado, dia 23, para plantar orquídeas junto a árvores da Praça da Matriz e Gaspar Silveira Martins, conhecida como Praça do Chafariz. A ação visa colorir locais públicos de Lajeado com flores.

A ação deste sábado contou com a presença de seis voluntárias, entre elas, Carmem Pretto e Solange Leonhardt, que criaram a atividade em setembro de 2019. Na ocasião, as voluntárias participaram da atividade “Ocupa Valão”, que faz parte do projeto Arte na Cidade, e amarraram mudar de orquídeas em todas as árvores da avenida Décio Martins Costa, conhecida como Valão.

Conforme Carmem, a ação tem o aval da Secretaria do Meio Ambiente do município e pretende ocupar diversos espaços e praças de Lajeado. “Quem sabe daqui um tempo levamos essas flores para os coqueiros da Júlio (em referência a rua Júlio de Castilhos)”, relata.

Ações pela cidade

O grupo é formado por cerca de 60 mulheres que ajudam como podem. “Temos diversas ações e cada uma se dispõe de um jeito para cada atividade. Hoje viemos em seis”, esclarece Solange.

O grupo já plantou orquídeas no Valão, nas árvores em torno do lado do Parque Professor Theobaldo Dick, na Praça João Zart Sobrinho no bairro Americano. E o plano é seguir por praças nos bairros do município. “Imagina que lindo será daqui a três anos todos esses pontos floridos ao mesmo tempo”, argumenta Carmem.

Mudas de orquídeas

Todas as mudas de orquídeas são cultivadas por Solange na fazenda da família Casa Branca, de Bom Retiro do Sul. Lá, ela possui mais de 200 árvores com ramos da flor. Nesta ação, foram cinco sacolas de mudas.

Conforme Carmem, a ideia é que a ação sirva de inspiração para outras pessoas também ajudar a colorir a cidade. “Semeamos o amor e deixamos a cidade mais bonita”, relata.